Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/1437
acessibilidade
Title: The determinants of mutual fund size: a cross-country analysis
Authors: Antunes, António Manuel Guedes
Orientador: Ramos, Sofia B.
Keywords: Mutual funds
Fund size
Fund attributes
Country characteristics
Fundos de investimento
Dimensão dos fundos
Atributos dos fundos
Características dos países
Issue Date: 2007
Citation: ANTUNES, António Manuel Guedes - The determinants of mutual fund size: a cross-country analysis [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2007. Tese de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/1437>.
Abstract: This paper examines the relation between mutual fund size, fund attributes and country characteristics. Data on mutual funds is drawn from Lipper Hindsight, a database that covers mutual funds around the world. The sample includes 42,699 open-end funds from 18 countries in 2004. Individual fund size is measured in two different ways: using the relative weight of the industry and of the asset class. The results show that money market and real estate funds are usually larger while equity funds seem to be negatively related to size. There is strong evidence that primary funds, those complying UCITS rules and older funds are larger. Among the set of strategies adopted by a fund, results show that mutual funds investing in other funds (funds of funds external and internal) are smaller. Funds that invest in government bonds tend to be larger in the whole industry. Strikingly, we do not find statistical evidence that funds investing domestically are larger than those investing abroad. High annual and redemption charges impact mutual fund size negatively. The results on annual charges are stronger for the U.S. and equity mutual funds. Results on fixed effect factors enhance the importance of the country specificities explaining mutual fund size. Funds tend to be smaller in countries that are more economically developed (measured by GDPpc) and with more investor protection and better accounting standards. In order to test the robustness of the results we also split the sample into sub-samples: U.S. funds vs. non-U.S. funds and Equity Funds vs. Bond Funds.
Esta tese analisa a relação entre a dimensão dos fundos de investimento (medida pelo valor líquido global do fundo) os respectivos atributos individuais e as características dos países onde estão domiciliados. A amostra utilizada inclui 42.699 fundos abertos de 18 países relativos a 2004. Os resultados mostram que os fundos de tesouraria e os fundos imobiliários são maiores comparativamente com os fundos de acções. Os fundos primários e que cumprem com o quadro normativo da UE para este tipo de produto (UCITS) apresentam um valor líquido global maior o mesmo sucedendo com os fundos mais antigos. No que respeita ao tipo de estratégia adoptada os resultados mostram que os fundos que investem noutros fundos são geralmente menores. Por seu turno os fundos que investem em obrigações de dívida pública tendem a ser maiores. Surpreendentemente, não foi encontrada evidência estatística de que os fundos que investem domesticamente sejam maiores do que aqueles que investem nos mercados internacionais. Quanto maior é a comissão de gestão e a comissão de resgate do fundo menor tende a ser o seu tamanho. Os resultados obtidos para a variável comissão de gestão são mais robustos para os fundos americanos e para os fundos de acções. Por outro lado, os resultados obtidos com a introdução de country dummies realçam a importância das especificidades de cada país na explicação da dimensão alcançada pelos fundos. No que respeita às variáveis macro os fundos tendem a ser menores em países mais desenvolvidos (medido pelo PIBpc), com maior grau de protecção do investidor e com melhores práticas contabilísticas. De forma a testarmos a robustez dos resultados a amostra é dividida em sub amostras: fundos dos EUA vs. fundos de outros mercados e fundos de acções vs. fundos de obrigações.
Description: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10071/1437
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese(April07).pdf739.5 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.