Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/14153
acessibilidade
Title: Visões dos estudantes universitários a viver em Portugal sobre o processo recente de consolidação democrática em Angola
Authors: Correia, Germano Rangel Chio
Orientador: Casanova, José Luís
Pereira, Inês
Keywords: Sociologia política
Democracia
Desenvolvimento social
Universidade
Visão
Estudante -- angolano -- Portugal
Angola
State
Democracy
University
Angola
Issue Date: 6-Jun-2017
Citation: CORREIA, Germano Rangel Chio - Visões dos estudantes universitários a viver em Portugal sobre o processo recente de consolidação democrática em Angola [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/14153>.
Abstract: O tema ao qual nos propusemos investigar trata do papel do Estado no processo de consolidação democrática em Angola na visão dos estudantes universitários a viver em Portugal. O objetivo geral consistiu em analisar as representações relativas à vida política e universitária em Angola desses estudantes, incidindo particularmente sobre a democracia, progresso social, organizações políticas (incluindo o Estado), e universidade. Para este estudo utilizamos um método intensivo, com base na análise documental, incluindo dados secundários de índices internacionais, a observação direta e entrevistas a aplicar a um conjunto de estudantes angolanos em Portugal divididos em 2 grupos: por um lado os que se consideram neutros ou contra o partido no poder e, por outro, os militantes do Partido MPLA (Movimento Popular para a Libertação de Angola).Os resultados da observação e as respostas às entrevistas foram submetidas a análise de conteúdo. Um conjunto de dados foram obtidos a partir de bases internacionais, em que Angola aparece em perspetiva comparada. No que respeita ao índice de democracia, Angola posiciona-se abaixo da média do mundo e de África, e de países não democráticos como é o caso da Cuba. No que respeita ao Índice de Progresso Social, Angola enquadra-se entre os países com progresso social muito baixo. No conjunto de estudantes entrevistados observa-se uma tendência geral para: considerar as desigualdades sociais como passíveis de serem diminuídas; ter todo ou algum interesse pela vida política do país; dar elevada importância à participação política como elemento fulcral na consolidação democrática; aceitar os resultados dos estudos feitos ao nível internacional no que respeita à democracia Angolana em perspetiva comparada; oscilar quanto a apreciação do exercício do conjunto de liberdades; considerar como uma mais-valia a proposta de representatividade por quotas na democracia representativa; e, por fim, considerar o ensino superior em Angola como sendo de baixa qualidade, ao mesmo tempo que vêm políticas que visem a melhoria da qualidade de ensino. Verifica-se, de um modo geral, que o facto de os estudantes se identificarem ou não com o MPLA se associa a diferentes respostas que dão às questões da entrevista.
We aim to investigate the role of the state in the process of democratic consolidation in Angola, as viewed by college students living in Portugal. The general objective is to analyse the representations concerned with political and college life of these students in Angola, including those about democracy, social progress, political organizations (including the State) and university. For this study, we used an intensive method, based on documental analysis, including secondary data from international indices, direct observation and interviews to be applied to a number of angolan students in Portugal, divided into two groups: on the one hand, those who consider to be neutral or against the party in office; on the other hand, militants of the MPLA Party (Popular Moviments for the Libertation of Angola). The results of the observation and the responses to interviews underwent content analysis. A set of data was obtained from international databases, in which Angola appears in a comparative perspective. Regarding the index of democracy, Angola is positioned below the world and Africa mean, and below undemocratic countries such as Cuba. Regarding the Index of Social Progress, Angola is amidst the countries with very low social progress. In the set of interviewed students, there is a tendency to: consider social inequalities as something that can be reduced; having all or some interest for the political life of the country; give a high level of importance to political participation as a central element in democratic consolidation; accept the results of international studies regarding Angolan democracy in a comparative perspective; to swing regarding the appreciation of the set of liberties; to consider the proposal of representativity by quotas in representative democracy as an asset; and, finally, to consider higher education in Angola as having a low level of quality while watching policies that aim at improving the quality of the teaching. Generally, one can find that students identification or non-identification with MPLA e associated with different answers being given to the questions in the interview.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/14153
Thesis identifier: 201705524
Designation: Mestrado em Sociologia
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertação Biblioteca.pdf1.46 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.