Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13785
acessibilidade
Title: A medicina dentária em Portugal: identificação dos principios fatores que condicionam os portugueses no acesso a cuidados de saúde oral
Authors: Baptista, Marta Carvalho Santos
Orientador: Costa, Renato Jorge Lopes da
Rodrigues, Carla Maria Nobre Balseiro
Keywords: Gestão da saúde
Medicina dentária
Promoção da saúde
Tratamento médico
Adulto
Caldas da Rainha -- Leiria
Leiria -- Portugal
Oral health
Access to oral treatments
Conditioning factors
Adult population
Issue Date: 14-Nov-2016
Citation: BAPTISTA, Marta Carvalho Santos - A medicina dentária em Portugal: identificação dos principios fatores que condicionam os portugueses no acesso a cuidados de saúde oral [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/13785>.
Abstract: As doenças orais constituem um dos problemas principais de saúde da população no geral. Contudo, se adequadamente prevenidas e precocemente tratadas, é possível reduzir-se custos económicos e obter-se ganhos em saúde consideravelmente relevantes. Portugal, comparativamente a outros países europeus, apresenta desigualdade no acesso a cuidados de saúde oral por parte da população. Dados recentes revelam que existe uma percentagem alta de portugueses que nunca marcam consulta de saúde oral ou fazem-no menos de uma vez por ano. Sendo esta uma realidade a nível nacional pretende-se, com este estudo, analisar quais os fatores que estão na base de um não acesso regular dos portugueses aos cuidados de saúde oral. Da mesma forma, pretende-se avaliar o estado de saúde oral da população em estudo e averiguar eventuais diferenças entre duas populações de regiões geográficas distintas, Caldas da Rainha e Leiria, bem como analisar a importância de um alargamento da especialidade de medicina dentária no Serviço Nacional de Saúde (SNS). De forma a analisar os objetivos acima mencionados foi aplicado um inquérito a pacientes que recorreram a clínicas dentárias e um rastreio de saúde oral observacional. Dos 186 inquiridos, 79% recorrem com regularidade ao dentista/higienista oral. Dos 39 indivíduos que não recorrem com regularidade ao dentista, 31% referiu como entrave o fator económico. Mais de metade da população inquirida (55%) referiu escovar os dentes pelo menos duas vezes por dia. O valor de Índice de CPO da população de Caldas da Rainha foi de 0.39 e de Leiria 0.54. Foi ainda relevante verificar que 98% da população inquirida defende que é necessário uma presença maior da medicina dentária no SNS. A associação dos resultados obtidos sugere que sejam definidas estratégias mais alargadas de promoção de saúde oral junto da população adulta.
Oral health diseases are one of the major health problems of the population in general. However if properly prevented and treated it is possible to reduce the economic costs associated to it and obtain health gains considerably relevant. Compared to other European countries in Portugal the population has inequality in access to oral health care. Recent data shows that there is a high percentage of Portuguese people who never mark an oral health consultation or do it less than once a year. By knowing this national reality this study intend to analyze which factors are the basis of a non-regular access of Portuguese to oral health care, it is also intended to assess the oral health status of the population under study and check for possible differences between two populations of different geographical regions, Caldas da Rainha e Leiria, and to analyze the importance of extending the specialty of dentistry in the Nacional Health Service. In order to analyze the objectives mentioned above it was administered a survey to patients who resorted to dental clinics and an observational oral health screening. With a total of 186 respondents it was possible to understand that 79% go to the dentist/ dental hygienist regularly. Of the 39 people who don’t usually use these services 31% reported that the economic factor is impeditive to access these services. More than half of the population surveyed (55%) reported brushing their teeth at least twice a day. The value of the DMFT of the population from Caldas da Rainha was 0.39 and 0.54 correspondent to the population from Leiria. It was still relevant verifying that 98% of the population inquired believes that it is required an enlarged presence of dentistry in the Portuguese Nacional Health Services. The association of these results suggests that wider strategies about promotion of oral health should be defined for the adult population.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/13785
Thesis identifier: 201554208
Designation: Mestrado em Gestão de Empresas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertação Marta Carvalho Santos Baptista.pdf1.15 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.