Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13691
acessibilidade
Title: Decomposição da cross-sectional volatility no mercado de ações português
Authors: Ferreira, Marta Sofia Pepe
Orientador: Oliveira, Luís Alberto Ferreira de
Keywords: Análise de risco
Gestão do risco
Volatilidade
Sector financeiro
Risk analysis
Volatility
Cross-sectional volatility
Risk management
Issue Date: 22-Nov-2016
Citation: FERREIRA, Marta Sofia Pepe - Decomposição da cross-sectional volatility no mercado de ações português [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/13691>.
Abstract: Com as recentes crises no sector financeiro, tem-se notado um aumento da importância atribuída à estimação de métricas que permitam a avaliação do risco associado a cada investimento. A volatilidade é reconhecida como uma medida de dispersão das taxas de rendibilidades, de um ou mais ativos, por um determinado período de tempo. Existem essencialmente duas metodologias de análise da volatilidade, através de Time-Series Volatility e de Cross-Sectional Volatility. Este trabalho propõe-se a realizar a decomposição da Cross-Sectional Volatility para o mercado acionista português. Esta decomposição é realizada, tendo como inspiração, a metodologia descrita em Menchero e Morozov (2010). Para a realização deste estudo foram consideradas duas categorias de fatores explicativos, a primeira composta por fatores que traduzem Estilos de Investimento comummente designados por Styles e a segunda pelos Supersectors de Atividade. A presente Dissertação aponta à concretização de dois objetivos: o primeiro prende-se com o estudo da aderência do modelo ao mercado acionista português e o segundo com a identificação dos principais drivers da volatilidade, possibilitando a perceção da sua amplitude e relevância.
With the recent crisis in the financial sector, has been noticed an increasing level of importance in metrics estimation aiming to manage risk within each investment. The volatility is recognized as a measure of yield’s dispersion for one or more assets for a given period of time. There are essentially two methodologies for volatility calculation making use of Time-Series Volatility and Cross-Sectional Volatility. This paper proposes to perform the decomposition of Cross-Sectional Volatility for the Portuguese equity market. This decomposition is performed, taking as inspiration, the methodology described in Menchero and Morozov (2010). There were considered two categories of explanatory factors, the first composed by factors commonly called Styles and the second by Supersectors of Activity. This Master Thesis aims at achieve two main objectives: the first is related to the model adherence to Portuguese equity market and the second is to identify the main drivers of volatility, enabling their scales and relevance study.
Description: JEL Classification: G11; G19
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/13691
Thesis identifier: 201554801
Designation: Mestrado em Finanças
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese de Mestrado_30-10-2016.pdf963.11 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.