Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13608
acessibilidade
Title: A música da arquitetura - gramáticas de concepção
Centro de Estudos do Mar
Authors: Batista, Tiago Filipe Pinheiro
Orientador: Paio, Alexandra
Oliveira, Sancho
Pinto, Pedro
Keywords: Arquitetura contemporânea
Música
Performance
Espaço
Som
Mar
Issue Date: 2016
Citation: BATISTA, Tiago Filipe Pinheiro - A música da arquitetura - gramáticas de concepção. Centro de Estudos do Mar [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/13608>.
Abstract: De que forma a Arquitetura e a Música se assemelham? Como é possível demonstrar essas semelhanças? Quais os desafios contemporâneos? A presente dissertação pretende responder, de forma breve, às questões colocadas. Começa por descrever uma análise critica, temporal e analógica entre as relações conceptuais e performativas da Música e da Arquitetura. Finaliza com uma proposta para uma instalação interativa que responda aos novos desafios contemporâneos da relação entre as duas áreas. Ou seja, proposta individual pretende sintetizar visualmente um conjunto de conceitos captados e referenciados criando uma instalação interativa que se molda no espaço de acordo com uma obra musical tocada em simultâneo por um músico. A música dá assim origem à forma. A revolução digital está a introduzir novos desafios à arquitetura e à música. A integração de computação desde os anos 60, e em especial no século XXI, está a provocar uma transformação no ambiente construído. A migração da computação dedicada a softwares para ambientes físicos fortalece diretamente a arquitetura como um agente transformador de espaço e a música pode ter um papel especial na performance. O facto dos objetos agirem e comunicarem com a ajuda da computação potência uma arquitetura mais interativa. A arquitetura cinética apresenta-se como uma forma de responder eficazmente ao novo paradigma.
How do Architecture and Music resemble? How can you demonstrate their similarities? What are the current challenges? The present dissertation aims to briefly answer these questions. It begins by providing a critical, temporal and analog analysis between conceptual and performative relations of Music and Architecture. It ends with a proposal for an interactive installation that responds to new contemporary challenges in the relationship between the two areas. That is, the individual proposal aims to synthesize a visually set of captured and referenced concepts creating an interactive installation that molds itself according to a musical piece played simultaneously by a musician. Thus, music rises form the form. The digital revolution is introducing new challenges to architecture and music. The integration of computing since the 60s, and especially in the twenty-first century, is causing a transformation in the built environment. The migration of computing dedicated to software for physical environments directly strengthens the architecture as a transforming agent of space and music and can have a special role in performance. The fact that objects act and communicate with the help of a more interactive computing power a more interactive form of arquitectura. The kinetic architecture is presented as a way to respond effectively to the new paradigm.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/13608
Thesis identifier: 201550989
Designation: Mestrado Integrado em Arquitetura
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
A Música da Arquitetura _ Centro de Estudos de Mar#EF1E.pdf482.18 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.