Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13381
acessibilidade
Title: A divulgação do risco no relato intercalar: análise das divulgações efetuadas pelas empresas portuguesas e belgas nos relatórios do 1º semestre do ano de 2014
Authors: Mineiro, Tânia Sofia Luís
Orientador: Serrasqueiro, Rogério Marques
Keywords: Contabilidade
Risco financeiro
Divulgação
Relatório financeiro
Estatística descritiva
Modelos de regressão linear múltipla
Corporate disclosure
Risk
Corporate risk disclosure
Interim reporting
Issue Date: 12-Dec-2016
Citation: MINEIRO, Tânia Sofia Luís - A divulgação do risco no relato intercalar: análise das divulgações efetuadas pelas empresas portuguesas e belgas nos relatórios do 1º semestre do ano de 2014 [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/13381>.
Abstract: Tem existido uma crescente atenção para a temática da divulgação dos riscos empresariais, com apelos a mais investigação nesta área. Este trabalho pretende preencher o gap detetado na literatura sobre divulgação de riscos empresariais no relato intercalar e dar resposta ao apelo lançado, entre outros, por Elzahar e Hussainey (2012), de mais investigação sobre o tema da divulgação de riscos empresariais. O objetivo geral é descrever a forma como as empresas portuguesas e belgas divulgam os riscos nos relatórios financeiros semestrais, numa amostra de 70 empresas, com referência às contas semestrais de 2014 e os objetivos específicos são os de caracterizar as divulgações efetuadas, identificar as características das empresas determinantes no nível de divulgação e comparar os padrões de divulgação dos relatórios financeiros portugueses e belgas. Para tal, foram utilizadas técnicas de estatística descritiva e modelos de regressão linear múltipla. Os resultados demonstram que as divulgações são, predominantemente, de risco não financeiro, quantificadas, relativas a acontecimentos passados ou presentes e com impacto positivo. De todas as tipologias de risco identificadas, predominam os riscos operacionais. Na segmentação entre riscos financeiros e riscos não financeiros, as divulgações de riscos não financeiros são, em média, em maior número do que as divulgações de riscos financeiros. A remuneração do conselho de administração, a existência de comissão de risco e a proporção de mulheres no conselho de administração foram as características das empresas que apresentaram maior capacidade explicativa do número de divulgações efetuadas. Em termos gerais, a média das divulgações da amostra portuguesa e belga não são estatisticamente diferentes. Palavras-chave: Divulgação corporativa; Risco; Divulgação dos riscos empresariais; Relato intercalar
There has been an increase of attention to the issue of corporate risk disclosure, with calls for more research in the field. This paper intends to fill the gap in the literature about risk disclosure on the interim report and to respond to the call launched, among others, by Elzahar and Hussainey (2012), for further research on corporate risk disclosure. The general objective is to describe how Portuguese and Belgian companies disclose risks in the half-yearly financial reports, in a sample of 70 companies, with reference to half year of 2014. Specific objectives are to characterize disclosures, to identify the determinants of disclosure (characteristics of the companies) and to compare the disclosure between Portuguese and Belgian companies. Descriptive statistics techniques and Ordinary Last Squares regression models were used. The results show that disclosures are, predominantly, non-financial, quantified, past or present events orientated and with a positive impact. Predominate type of risk is operational risks. The breakdown in financial and non-financial risks, disclosures of non-financial risks are, on average, greater than financial risk disclosures. The remuneration of the board of directors, the existence of risk committee and the proportion of women in the board of directors showed capacity to explain the number of observed risk disclosures. Average disclosures of the Portuguese and Belgian samples are not statistically different.
Description: Classificação JEL: G38 - Government Policy and Regulation, M41 – Accounting.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/13381
Thesis identifier: 201533189
Designation: Mestrado em Contabilidade
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
A Divulgação do Risco no Relato Intercalar_Tania Mineiro_2016.pdf735.61 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.