Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/1335
acessibilidade
Title: Comportamento de utilização de fontes de informação médica pelos médicos de clínica geral portugueses
Authors: Lopes, Inês
Orientador: Proença, Reinaldo
Keywords: Fontes de informação médica
Tecnologias de informação
Theory of Planned Behaviour
Médicos de clínica geral
Sources of medical information
Information technology
General practitioners
Issue Date: 2008
Citation: LOPES, Inês - Comportamento de utilização de fontes de informação médica pelos médicos de clínica geral portugueses [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2008. Tese de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/1335>.
Abstract: Objectivos: Existem vários estudos sobre Fontes de Informação médica, sendo no entanto escassos os que recorrem a fundamentos teórico-conceptuais claros. Assim sendo, o primeiro objectivo é contribuir para ultrapassar esta situação, enquadrando a presente investigação dentro de fronteiras balizadas num paradigma positivista, com recurso a um domínio teórico-conceptual perfeitamente solidificado na Theory of Planned Behavior (TPB), aplicada ao estudo do comportamento de procura de informação pelos Médicos de Clínica Geral Portugueses. Um segundo objectivo pretende perceber se os diferentes efeitos moderadores “género”, “número de consultas diárias”, “número de Colegas no local de trabalho” e “idade do médico”, alteram este comportamento. Articulado com estes objectivos pretende-se confirmar se o modelo proposto distingue o comportamento de utilizar Fontes de Informação médica Tradicionais e Modernas, o que é uma nova avenida de investigação não explorada anteriormente. Metodologia: Numa 1ª fase, foi realizado um estudo qualitativo (focus group e entrevistas semi-estruturadas) para aumentar a sensibilidade à temática em estudo e verificar se o modelo proposto era adaptável à realidade portuguesa, podendo, por esta via, definir-se as Fontes de Informação a incluir no trabalho. Numa 2ª fase, os dados quantitativos foram recolhidos, através de um inquérito por questionário, enviado a 5200 médicos a exercer Clínica Geral em Portugal. Resultados: As fontes mais utilizadas parecem ser as impressas em suporte “papel”. Os Colegas através de contactos directos tiveram maiores “intenções” de utilização que os Delegados de Informação Médica (DIMs), o que contraria os resultados de estudos nacionais anteriores. A variável com maior poder explicativo da “intenção” foi “utilidade” e a com menor foi a “qualidade”. A “idade” e o “género” parecem afectar a “intenção” de utilização de algumas Fontes de Informação. As variáveis moderadoras mencionadas (idade e género) e as características da prática clínica alteram o efeito das variáveis explicativas nas “intenções”. Apesar dos médicos de Clínica Geral possuírem um elevado acesso a Tecnologias de Informação, as Fontes de Informação Modernas mantêm uma menor “intenção” de utilização do que as Tradicionais. Conclusões: As variáveis explicativas do modelo suportado na Theory of Planned Behavior, permitiram explicar a “intenção” de utilizar várias Fontes de Informação médica e descriminar diferenças entre as Fontes de Informação Modernas e Tradicionais. Foi também possível verificar qual a influência dos efeitos moderadores neste comportamento.
Objectives: There are several studies about sources of medical information, but are scarce those who use clear theoretical and conceptual basis. Therefore, the first objective is to help to overcome this situation incorporating this research within specific borders, defined by a positivist paradigm with theoretical and conceptual basis perfectly solidified in the Theory of Planned Behaviour (TPB), applying it to the behaviour of search for medical information of the Portuguese General Practitioners (GPs). A second objective wants to understand the different effects of moderators "gender", "number of daily consultations", "number of colleagues at work " and "age of the clinician" , in this behaviour. Pleading with these objectives, seeks the confirmation of the ability of the proposed model to distinguish between the behaviour of using traditional and modern sources of medical information, representing this a new avenue of research not explored before. Methodology: In Stage 1 was made a qualitative study (focus group and semi-structured interviews) to increase sensitivity to the issue under study and verify that the proposed model was adaptable to the Portuguese reality and, through it, determine the sources of information to be included in the work. In Stage 2, quantitative data were collected through a survey by questionnaire, sent to 5200 Portuguese GPs. Results: The most widely used sources seem to be the printed in “paper”. The Colleagues through direct contacts had higher "intentions" to use, than the Sales Representatives of the Pharmaceutical Industry, which contradicts the results of previous national studies. The variable with greater explanatory power of “intentions” was "usefulness" and with less was "quality". The "age" and "gender" seems to affect the "intention" of using some sources of medical information. The moderators mentioned (age and gender) and the characteristics of clinical practice influence the effect of the explanatory variables in the "intentions". Despite having a high level of access to Information Technology, the GPs had smaller "intention" to use the modern sources of information than the traditional one’s. Conclusions: The explanatory variables of the model based on the Theory of Planned Behaviour explain the "intention" of using various sources of medical information and discriminate differences between modern and traditional sources. It was also possible to check the influence of the moderator’s effects in this behaviour.
Description: Classificação JEL: I19; A23
URI: http://hdl.handle.net/10071/1335
Designation: Mestrado em Marketing
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese Final.pdf6.49 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.