Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13345
acessibilidade
Title: Atitudes e perceções sobre a violência doméstica: uma análise comparativa entre mulheres e homens portugueses e brasileiros a viver em Portugal
Authors: Nerys, Isabela Borges
Orientador: Alexandre, Joana
Keywords: Perceção social
Violência doméstica
Atitude
Análise comparativa
Português
Imigrantes brasileiros
Portugal
Brasil
Domestic Violence
Attitudes towards Domestic Violence
Portuguese and Brazilian
Issue Date: 7-Dec-2016
Citation: NERYS, Isabela Borges - Atitudes e perceções sobre a violência doméstica : uma análise comparativa entre mulheres e homens portugueses e brasileiros a viver em Portugal [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/13345>.
Abstract: A violência doméstica tem sido um tópico de pesquisa com um crescente interesse ao longo do século XXI. Esta questão torna-se importante tendo em conta o número de vítimas existentes em Portugal e um pouco por todo o mundo. Para uma prevenção eficaz importa perceber como homens e mulheres pensam este fenómeno e quais as suas atitudes sobre a violência doméstica. Considerando a heterogeneidade cultural de Portugal, importa analisar também esta questão em diferentes comunidades. O presente estudo procurou investigar as atitudes em relação à violência doméstica, a partir de uma análise comparativa entre os sexos e as diferentes nacionalidades, estando restritos apenas às nacionalidades portuguesa e brasileira, sendo esta última a população de imigrantes com maior representatividade em Portugal. Participaram do estudo 65 homens e 64 mulheres, sendo que destes 77 eram portugueses e 48 brasileiros, a residir em Portugal. Para analisar os significados atribuídos à violência doméstica e as atitudes em relação a este fenómeno, foi utilizada a Escala de Atitudes sobre o Fenómeno da Violência Doméstica (Ferreira, Alexandre & Silva, 2012). No geral, os resultados apontaram para uma maior expressividade da violência física e da psicológica. São as mulheres as que percebem todas as formas de violência de forma mais grave do que os homens, mas são as mulheres portuguesas as que tendem a procurar mais ajuda que as mulheres brasileiras. Os homens portugueses tendem a responder mais às situações de violência com comportamentos reativos, estando este comportamento correlacionado de forma negativa com comportamentos de pedir ajuda. Os resultados apontam para a importância de uma melhor compreensão do fenómeno por forma a melhorar as políticas de intervenção e prevenção, criando campanhas mais dirigidas a homens ou a mulheres ou até a diferentes comunidades, tentando dessa forma realizar campanhas mais abrangentes e eficazes.
Domestic violence has become a major interest in research in the XXI century. The importance of this subject is pointed considering the number of victims in Portugal and all around the world. For an effective prevention it is relevant to comprehend how men and women perceive this phenomenon and how are their attitudes towards it. Giving the cultural heterogeneity verified in Portugal, it is important to analyse this subject in different communities. This study intends to investigate the attitudes towards domestic violence from a comparative analysis between gender and different nationalities, restricted to Portuguese and Brazilian, the latter being the most significant population of immigrants in Portugal. In this study 65 men and 64 women participated, 77 of them Portuguese and 48 Brazilian, all living in Portugal. To analyse the significance and attitudes towards domestic violence the Scale of Atitudes sobre o Fenómeno da Violência Doméstica (Ferreira, Alexandre & Silva, 2012) was used. In a general overview, the outcomes have pointed out to a more expression of physical and psychological abuse. It is women who perceive all forms of abuse more severely, but Portuguese women seek for help more frequently than Brazilian women. Portuguese men tend to respond to violence with reactive behaviours, with these being negatively correlated with seeking help attitudes. The results highlight the importance of better understanding of the phenomenon and thus improve the intervention and prevention policies, such as creating campaigns targeted more to men, women or even to different communities, therefore accomplishing then more wide and effective campaigns.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/13345
Thesis identifier: 201393930
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
2016_ECSH_DPSO_Dissertacao_Isabela Borges Nerys.pdf776.8 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.