Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13322
acessibilidade
Title: Famílias e novos movimentos religiosos: trajectória familiar, individualização e identidade espiritual
Authors: Monteiro, Teresa Líbano
Orientador: Almeida, Ana Nunes de
Keywords: Sociologia da família
Identidade religiosa
Movimentos religiosos
Educação familiar
Testemunhas de Jeová
Issue Date: 6-Feb-2007
Citation: MONTEIRO, Teresa Líbano - Famílias e novos movimentos religiosos: trajectória familiar, individualização e identidade espiritual [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2005. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/13322>.
Abstract: Na sequência do surgimento de Novos Movimentos Religiosos na sociedade portuguesa do post 25 de Abril de 74 e numa perspectiva sociológica, pretende-se contribuir para a abordagem da recomposição das identidades religiosas e espirituais, privilegiando um olhar que parte da vida e da trajectória familiar dos convertidos. A principal hipótese é a de que a tendência de individualização que atravessa o campo religioso, em que se valoriza a procura e a apropriação individual do sentido, pode ser articulada com uma mesma tendência que atravessa a família contemporânea ocidental, caracterizada por um processo típico de construção de identidade, ditado pela independência económica, autonomia e desejo de autenticidade. Pretende-se compreender como se concretiza tal tendência de individualização na trajectória familiar de Ego, contribuindo para a recomposição da sua identidade espiritual. Foram realizadas 40 entrevistas a homens e mulheres, residentes na Grande Lisboa, pertencentes a quatro grupos: Testemunhas de Jeová, Igreja Universal do Reino de Deus, Centro Lusitano de Unificação Cultural e movimento Nós Somos Igreja. A análise qualitativa do material permitiu construir quatro ideais-tipos de identificação espiritual: uma identificação comunitário-tradicional entre as Testemunhas de Jeová; uma identificação emocional-comunitária entre as convertidas à Igreja Universal do Reino de Deus; uma identificação ético-emocional entre os membros do Centro Lusitano de Unificação Cultural; e finalmente uma identificação de tipo tradicionalético, entre os membros do Nós Somos Igreja. Esta tipologia foi reveladora de diferentes graus de individualização.
Following the emergence of New Religious Movements in Portuguese society after the 25th of April, 1974, the main aim of this research is to approach the remodelling of religious and spiritual identities, from a sociological perspective focussing on the path and life of the converted person’s family. According to the main hypothesis, the individualization tendency seen across the religious field, in which the individual quest for and appropriation of religious meaning is valued, may be associated with a similar tendency in contemporary Western families and its typical identity-construction process, determined by economic independence, autonomy and the desire for authenticity. The aim is to achieve a better understanding of the way such an individualization tendency occurs within the family life course of these individuals, contributing to the remodelling of their spiritual identity. The empirical corpus is comprised of 40 in-depth interviews with male and female residents in the Greater Lisbon area, belonging to four groups: Jehovah’s Witnesses, the Universal Church of the Kingdom of God, the Portuguese Centre for Cultural Unification, and the We Are Church movement. The qualitative analysis enabled the construction of four ideal-types of spiritual identification: a communitarian-traditional identification among the Jehovah’s Witnesses; an emotional-communitarian identification among the members of the Universal Church of the Kingdom of God; an ethical-emotional identification among the members of the Portuguese Centre for Cultural Unification and, finally, a traditional-ethical identification among the members of the We Are Church movement. This typology revealed different degrees of individualization.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/13322
Thesis identifier: 101157495
Designation: Doutoramento em Sociologia
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.