Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/13083
acessibilidade
Title: Dívida e perceção da valorização do ativo habitação
Authors: Lopes, Maria João Marçalo Silva
Orientador: Vale, Sofia
Keywords: Economia política
Crescimento económico
Política de crédito
Crédito à habitação
Metodologia VARMetodologia VAR -- Vectores autoregressivos
Modelos macroeconométricos
Housing credit
Economic growth
Euribor
Portugal
VECM
Issue Date: 30-Nov-2016
Citation: LOPES, Maria João Marçalo Silva - Dívida e perceção da valorização do ativo habitação [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/13083>.
Abstract: As famílias portuguesas, na sua maioria, adquirem a habitação onde residem, recorrendo para tal ao crédito. O crédito a particulares apresentou uma tendência crescente na primeira década do século XXI, tendo sido acompanhado por um aumento do preço das casas que o incentivou. Estes acontecimentos tiveram lugar num contexto de moderado crescimento económico que foi posto em causa a partir, sobretudo, de 2010. O presente estudo pretende analisar em que medida a evolução do crédito a particulares, para efeito de aquisição de habitação, conjugada com a evolução do aumento do preço do imobiliário, determinou e foi determinada pela evolução da economia portuguesa nos anos que sucederam a crise financeira de 2007. Com este objetivo, recolheram-se dados trimestrais para a economia portuguesa que cobrem o período compreendido entre o último trimestre 2007 e o primeiro de 2016 e constrói-se um modelo VECM que relaciona o comportamento do PIB real, com o montante do crédito à habitação e a taxa de juro, para saber se há cointegração. Os resultados do trabalho apontam para o PIB real, que reage negativamente a choques quer da variável crédito à habitação, quer da taxa de juro. Esta situação prende-se com o facto de que quando aumenta a concessão de crédito à habitação, a economia ressente-se.
The Portuguese families, mostly acquire houses where they reside, demanding credit for that purpose. The credit for private clients showed a growth tendency in the first decade of the 21stcentury.The credit growth, was also encouraged by an accompanied increase in the price of houses. These occurrings took place in a moderate economic growth context that was undermined especially after 2010. This study, aims to analyse in which measure the evolution of the credit for private clients to acquire residence, together with the evolution of the housing prices, were both the cause and effect of the Portuguese economic evolution after the 2007 financial crisis. With this mind, trimestral data from Portuguese economy was collected from period between last quarter of 2007 and first quarter of 2016. The VECM model, relating the real GDP behavior, with credit amounts, interest rates and if there are cointegration. The results of this work point to GDP react negatively to chocks from credit amounts and interest rate, and this situation happens because when the credit amount increase, the economy decrease.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/13083
Thesis identifier: 201516586
Designation: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese_final_rever 19-12-2016.pdf1.25 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.