Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/12953
acessibilidade
Title: Cuidadores informais de idosos dependentes: um estudo na freguesia dos Olivais, Lisboa
Authors: Martins, Maria de Fátima Baptista Pereira
Orientador: Pereira, Inês Conceição Farinha
Keywords: Idoso
Cuidado familiar
Apoio social
Informal caregiver
Family support
Eld
Dependency
Issue Date: 9-Dec-2016
Citation: MARTINS, Maria de Fátima Baptista Pereira - Cuidadores informais de idosos dependentes: um estudo na freguesia dos Olivais, Lisboa [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/12953>.
Abstract: A população em Portugal encontra-se envelhecida e a tendência é para que esse envelhecimento aumente nos próximos anos. Esta nova realidade desencadeou novos desafios especialmente a necessidade de existência de cuidadores informais para os idosos com dependência. O estudo desenvolveu-se na freguesia dos Olivais, em Lisboa pois a proporção de idosos é superior à que se verifica em Portugal, dada a relação de proximidade existente entre o investigador e o objeto em estudo e devido ao conhecimento que este tem da realidade observada. Apesar de já haver vários estudos sobre este tema julga-se que este se torna pertinente pois foi aplicado numa zona urbana onde a estrutura etária da população está a envelhecer. A nossa opção metodológica foi por um estudo de abordagem qualitativa, tendo sido utilizada a entrevista semidiretiva. Para a análise das respostas foi utilizada a técnica da análise de conteúdo. Outra técnica utilizada foi a observação participante. Os cuidadores-alvo deste estudo foram abordados pessoalmente pela investigadora/autora desta dissertação nas consultas da Unidade de Saúde Familiar Jardins da Encarnação, Lisboa. O método de amostragem utilizado foi não aleatório ou não probabilístico. A amostra foi de conveniência, constituída por 17 cuidadores, que aceitaram participar no estudo. De acordo com os resultados podemos concluir que a prestação dos cuidados informais é totalmente da responsabilidade dos elementos da família e o mesmo se verifica em relação aos seus progenitores. Em relação à idade, verificamos que a idade dos cuidadores se situa entre os 47 anos e os 63 anos de idade, dando uma média de 55 anos. A maioria dos cuidadores são do sexo feminino apesar do género masculino se começar a evidenciar na prestação de cuidados. Quanto à proximidade geográfica com o idoso os cuidadores moram próximo. Em relação ao estado civil os casados assumem maior proporção. Na prestação de cuidados, verificamos que a maioria dos cuidadores de idosos dependentes, fazem-no há mais de quatro anos, as principais motivações são as afetivas. Sobre os aspetos negativos os cuidadores informais de idosos dependentes referem as alterações na vida pessoal. Sobre os impactos sentidos na prestação de cuidados referem os socioeconómicos e os emocionais.
The population in Portugal is aging and the trend is that aging increases in the coming years. This new reality brought new challenges especially the need for existence of informal caregivers for the elderly with dependence. The study was developed in the parish of Olivais in Lisbon because the proportion of elderly is higher than that found in Portugal, for the existing close relationship between the researcher and the object under study and the knowledge that the researcher have of the observed reality. Although there are already several studies on this subject it is thought that this becomes relevant because it was applied in an urban area where the age structure of the population is aging. Our methodological choice was a qualitative study, and we used a semistructured interview. For the analysis of the responses was used the technique of content analysis. Another technique used was participant observation. The target caregivers of this study were approached personally by the researcher / author of this dissertation in the consultations of the Family Health Unit Gardens of the Encarnação, Lisbon. The sampling method used was the not random or not probabilistic. The sample of convenience consisting of 17 caregivers who agreed to participate in the study. According to the results we can conclude that the provision of informal care is entirely the responsibility of family members and the same is true for their parents. In relation to age, we found that the age of caregivers is between 47 and 63 years, giving an average of 55 years. Most caregivers are women despite the males begin to show in care. Regarding the geographical proximity to the elderly caregivers live close. Regarding marital status married assume greater proportion. In care, we found that most caregivers of dependent elderly do it more than four years ago. The main motivation is the affective. On the negative aspects of informal caregivers of dependent elderly relate changes in personal life. On the impacts felt in care highlights the emotional overload.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/12953
Thesis identifier: 201385945
Designation: Mestrado em Sociologia
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
tese_final.pdf729.8 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.