Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/1295
acessibilidade
Title: Um serviço de chá e um kit GPS. Reconfigurações identitárias e outros desafios entre os imraguen da mauritânia.
Authors: Sousa, Joana Lucas de
Orientador: Silva, Maria Cardeira da
Almeida, Miguel Vale de
Keywords: Mauritânia
Tribo
Território
Identidade
Mauritania
Tribes
Territory
Identity
Issue Date: 3-Mar-2009
Citation: Sousa, Joana Lucas de - Um serviço de chá e um kit GPS. Reconfigurações identitárias e outros desafios entre os imraguen da mauritânia. [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2008. Tese de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/1295>.
Abstract: Ao longo desta dissertação procurámos cruzar criticamente a literatura teórica sobre o sistema tribal Mauritano, com uma breve revisão histórica sobre o sistema territorial do país e as suas recomposições ao longo do tempo. Tentámos, ao mesmo tempo, ilustrar etnograficamente as problemáticas suscitadas, através da realização de trabalho de terreno em algumas aldeias de pescadores Imraguen, Arkeiss, Agadir e Iwik, situadas na costa atlântica da Mauritânia, território sob a alçada do Parque Nacional do Banco de Arguim desde 1976. Neste contexto pudemos avaliar da funcionalidade da linguagem tribal, bem como das múltiplas identidades que podem ser invocadas pelas populações que aqui habitam. Desta forma, entrelaçando as questões tribais com as questões territoriais, esta dissertação é antes de mais um exercício sobre as vastas possibilidades de reconfigurações identitárias, utilizadas e manejadas pelos Imraguen.
During this dissertation we have sought to cross-study the theoretical literature about the Mauritanian tribal system, with a short historical revision on the country’s territorial system and its evolutions over time. We have sought, at the same time, to ethnographically illustrate the questions raised, through the realization of field work in some Imraguen fisherman villages, such as Arkeiss, Agadir and Iwik, located in Mauritania’s Atlantic coast, which territory is under the control of Banc d’Arguin National Park since 1976. In this ethnographic context we were able to evaluate the functionality of the tribal language, as well as the multiple identities that can be evocated by the populations that live there. In this way, crossing the tribal and the territorial questions, this dissertation is above all an exercise about the several possibilities of identity reconfigurations, used and held by the Imragen.
URI: http://hdl.handle.net/10071/1295
Designation: Mestrado em Antropologia
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Mestrado_Joana_Lucas.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.