Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/12636
acessibilidade
Title: Autonomia-conectada e cultura: estudo comparativo entre portugueses nativos e imigrantes brasileiros, ingleses e ucranianos em Portugal
Authors: Marto, Laurence dos Santos
Orientador: Moleiro, Carla
Keywords: Psicologia social
Psicologia da cultura
Identidade cultural
Valores sociais
Relações interculturais
Relações interpessoais
Autonomia-conectada
Dimensões culturais
Atividade cultural
Personalidade
Issue Date: 2016
Citation: MARTO, Laurence dos Santos - Autonomia-conectada e cultura: estudo comparativo entre portugueses nativos e imigrantes brasileiros, ingleses e ucranianos em Portugal [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/12636>.
Abstract: O presente trabalho centra-se num constructo recente de traço da personalidade, a autonomia-conectada. A autonomia-conectada consiste na capacidade de pensar e de agir de forma independente e de iniciar e manter relações íntimas com os outros. Foi realizado um estudo (N=121) que teve como objetivo analisar e comparar quatro grupos culturais diferentes, nomeadamente portugueses nativos e imigrantes brasileiros, ingleses e ucranianos residentes em Portugal, nas diferentes componentes da autonomia-conectada (Autoconsciência, SA; Sensibilidade para os outros, SO; e Capacidade para gerir novas situações; CMNS) utilizando a Escala de Autonomia-conectada. Os principais resultados demonstraram que existem diferenças significativas entre os sexos e os diferentes países estudados em Sensibilidade para os outros. O segundo objetivo pretendia averiguar a relação entre autonomia-conectada e aculturação nos imigrantes brasileiros, ingleses e ucranianos aplicando o Índice de Aculturação de Vancouver. Os resultados revelaram que, para os imigrantes brasileiros e ucranianos, a ligação à cultura de origem está associada a maior Sensibilidade para os outros, mas a menor Capacidade para gerir novas situações e Autoconsciência. No caso dos ingleses a ligação à cultura de origem está associada a menor Sensibilidade para os outros, mas a maior Capacidade para gerir novas situações e Autoconsciência. O estudo contribuiu para o enriquecimento do enquadramento teórico do constructo à luz das perspetivas interculturais.
Description: Códigos PsycINFO: 2223 Personality Scales and Inventories 2930 Culture & Ethnology
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/12636
Thesis identifier: 201493306
Designation: Mestrado em Psicologia das Relações Interculturais
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
2016_ECSH_DPSO_Dissertacao_Laurence dos Santos Marto.docx223.27 kBMicrosoft Word XMLView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.