Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/12438
acessibilidade
Title: A educação sexual no ensino secundário (1ºciclo) em São Tomé: a avaliação dos professores envolvidos
Authors: Carvalho, Écela Rosa Fernandes de
Orientador: Seabra, Teresa
Keywords: Sexualidade
Educação sexual
São Tomé e Príncipe
Avaliação dos professores
Sexuality
Sexual education
Issue Date: 3-Jun-2016
Citation: CARVALHO, Écela Rosa Fernandes de - A educação sexual no ensino secundário (1ºciclo) em São Tomé: a avaliação dos professores envolvidos [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/12438>.
Abstract: O presente trabalho procurou conhecer as opiniões dos professores no que se refere a Educação Sexual (ES) no contexto escolar são-tomense ao nível do 1.º Ciclo do ensino secundário (7ª, 8.ª e 9.ª Classe). O interesse consignado nesta temática encontra a sua justificação na combinação e na inter-relação de quatro fatores cujas balizas se permeabilizam: a) o crescente número da gravidez na adolescência; b) o aumento das doenças sexualmente transmissíveis (DST´s), com realce para o VIH/SIDA, nos jovens; c) a relevância socioeducativa da educação para a sexualidade; d) a identificação de lacunas na investigação sobre a educação para a sexualidade em São Tomé e Príncipe. A sexualidade, ao longo do tempo, tem sido objeto de diversas abordagens do ponto de vista moral e filosófico, estético, literário e artístico. Mais recentemente, a sexualidade passou a ser também um objeto de estudo científico e uma componente das políticas de saúde e da intervenção técnico-profissional. O estudo teve como finalidade produzir conhecimento sobre a temática do ensino da educação sexual na sociedade são-tomense, recolhendo um conjunto de dados facilitadores da compreensão do papel desempenhado pelos docentes na construção da sexualidade. Ao nível da sua consecução, utilizou-se a metodologia de natureza qualitativa, descritiva e exploratória, e com principal técnica de recolha de dados a entrevista semi – estruturada que foi realizada a 15 docentes, de algumas escolas do país, que lecionam 7ª,8ª e 9ª classe, e os dados obtidos foram submetidos à análise de conteúdo. Pode concluir-se que a abordagem de ES no contexto educativo em São Tomé se efetua na prática, existindo atividades internas e algumas externas. Neste sentido, os professores entrevistados mostraram-se empenhados na aplicação de grandes estratégias com os alunos para a concretização dos objetivos de ES formal, tiveram comportamentos e atitudes positivas e motivadoras revelando responsabilidades na abordagem de ES e com grandes conhecimentos na sua prática. Por sua vez, os alunos manifestam grandes curiosidades, interesse, dúvidas, receios, havendo grande adesão nas aulas, e os alunos mais novos mostram-se ainda mais interessados na aprendizagem de ES. Apesar de a família ser um pilar fundamental na preparação dos filhos sobre esta temática, são poucos os pais em São Tomé que reagem bem a essa questão. No entanto, já é notável a participação, aceitação e o interesse de alguns pais no apoio aos conteúdos programáticos da escola e no diálogo com os seus filhos sobre ES. Feito o balanço do trabalho desenvolvido, é possível verificar que a ES tem facilitado a vida dos alunos, dos professores, e também da sociedade. É de frisar que os professores se vêem confrontados com alguns problemas que interferem na abordagem desta temática, como são a falta de condições na sala de aula, tanto ao nível dos materiais didáticos, pedagógicos/lúdicos como o elevado número de alunos por turma. Mas, apesar disto, mostraram-se disponíveis em ter mais formações, de modo a poderem estar a altura das questões colocadas pelos alunos. A ES tem ajudado alguns docentes na vida pessoal e dos amigos, o que reforça a importância desta temática para a sociedade.
This study sought the views of teachers in relation to Sexual Education (ES) in the school context Saotomese the level of the 1st cycle of secondary education (7th, 8th and 9th grade). Payroll interest in this subject is justified by the combination and interplay of four factors whose goals are permeabilize: the growing number of teenage pregnancy; the increase in sexually transmitted diseases (DST's) with emphasis on HIV / AIDS, young people; the social and educational relevance of education for sexuality; identifying gaps in research on education for sexuality in Sao Tome and Principe. Sexuality, over time, has been the subject of various approaches to moral and philosophical point of view, aesthetic, literary and artistic. More recently, sexuality has become also an object of scientific study and a component of health and technical-professional intervention policies. The study aimed to produce knowledge on the subject of the teaching of sex education in society Sao Tome, collecting a set of data facilitating the understanding of the role played by teachers in the construction of sexuality. At the level of their achievement, we used the methodology of qualitative, descriptive and exploratory, and main technique for collecting the semi interview data - structured which was held to 15 teachers, some schools in the country, who teach 7th, 8th and grade 9, and the data were subjected to content analysis. It can be concluded that the ES approach in the educational context in São Tomé takes place in practice, existing internal activities and some external. In this sense, the teachers interviewed proved to be engaged in the implementation of major strategies with the students to achieve the formal ES goals, had positive behaviors and attitudes and motivating revealing responsibilities in the ES approach and with great knowledge in their practice. In turn, the students expressed great curiosity, interest, doubts, fears, and there is great support in class, and younger students show up even more interested in higher education learning. Although the family is a fundamental pillar in the preparation of children on this topic, few parents in São Tomé who respond to this question. However, it is already remarkable participation, acceptance and interest of some parents in supporting the school syllabus and dialogue with their children about ES. Take stock of the work done, you can verify that the ES has facilitated the lives of students, teachers, and also of society. It is to emphasize that teachers are faced with some problems that interfere in addressing this issue, as is the lack of conditions in the classroom, both in terms of teaching materials, teaching / ludic as the high number of students per class. But, nevertheless, they proved to be available to have more training, so that they can be the height of the questions posed by the students. The ES has helped some teachers in personal life and friends, which reinforces the importance of this issue for society.
Description: Mestrado em Educação e Sociedade
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/12438
Thesis identifier: 201176556
Designation: Mestrado em Educação e Sociedade
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
tt com_Capa_1_Dissertacao Mestrado Educacao e Sociedade Écela Carvalho.pdf2 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.