Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/12404
acessibilidade
Title: O benefício do enriquecimento trabalho-família para a saúde: o papel da autoeficácia percebida num estudo diário com professores
Authors: Vilhena, Leonor Milheiro de
Orientador: Tavares, Susana M.
Keywords: Família
Profissão
Professor
Saúde
Auto-eficácia
work-family enrichment
health
psychosomatic symptoms
perceived self-efficacy
diary study
Issue Date: 10-Oct-2016
Citation: VILHENA, Leonor Milheiro de - O benefício do enriquecimento trabalho-família para a saúde: o papel da autoeficácia percebida num estudo diário com professores [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/12404>.
Abstract: Num estudo com 66 professores, analisámos a relação existente entre a perceção de enriquecimento trabalho-família e a saúde do indivíduo, numa base diária. Baseando-nos na teoria da conservação dos recursos (Hobfoll, 1989, 2002) hipotetizámos que o nível diário de enriquecimento trabalho-família sentido aumentaria os recursos do indivíduo, nomeadamente a sua autoeficácia percebida, o que, por sua vez, afetaria positivamente a sua saúde. Os professores que participaram no estudo preencheram questionários diários durante uma semana de trabalho, tendo as variáveis em análise sido medidas com escalas previamente validadas na literatura. Os resultados evidenciaram que o enriquecimento trabalho-família sentido diariamente está associado a uma melhor saúde percebida (com referência a um menor número de sintomas psicossomáticos). Para além disso, os resultados mostraram que o efeito do enriquecimento trabalho-família na saúde é parcialmente explicado pelo aumento da perceção de autoeficácia do indivíduo. As limitações do estudo, bem como as implicações teóricas e práticas dos resultados encontrados e as sugestões para pesquisas futuras, são discutidas.
In a study with 66 teachers, we analyzed the relationship between the perception of work-family enrichment and health of the individual on a daily basis. Based on the conservation of resources theory (COR) (Hobfoll 1989, 2002) we hypothesized that the daily level of work-family enrichment would increase the resources of the individuals, including their perceived self-efficacy, which, in turn, would positively affect their health. Teachers who participated in the study filled out daily questionnaires during a week of work, and the variables analyzed were measured with scales previously validated in the literature. The results showed that daily perceived work-family enrichment is associated with better perceived health (participants reported less psychosomatic symptoms). In addition, the results showed that the effect of work-family enrichment in health is partially explained by an increased perception of self-efficacy. The limitations of the study, as well as the theoretical and practical implications of the findings and suggestions for future research are discussed.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/12404
Thesis identifier: 201262142
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese_Final - Leonor Vilhena.pdf913.79 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.