Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/12327
acessibilidade
Title: A saúde das mulheres imigrantes: uma questão de cidadania e inclusão
Authors: Ortiz Scaglione, Maria Alejandra
Orientador: Padilla, Beatriz
Caldas, José Peixoto
Keywords: Mulher migrante
Imigração
Cuidados de saúde
Desigualdade social
Inclusão social
Cidadania europeia
Issue Date: 2016
Citation: ORTIZ SCAGLIONE, Maria Alejandra - A saúde das mulheres imigrantes: uma questão de cidadania e inclusão [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/12327>.
Abstract: Esta investigação tem como objectivo compreender o acesso aos cuidados de saúde materna e infantil das mulheres imigrantes em Portugal. Partimos da evidência de que as mulheres imigrantes enfrentam maiores dificuldades no acesso à saúde, agravadas durante a gravidez e maternidade e focamos a análise nos determinantes sociais da saúde e da imigração como geradores dessas desigualdades. Trata-se de uma investigação de carácter qualitativo que utiliza técnicas documentais, observações e entrevistas com mulheres, profissionais de saúde e outros agentes sociais. Conclui-se que existem importantes barreiras ao acesso relacionadas com aspectos institucionais, socioeconómicos, culturais e de funcionamento dos serviços de saúde. Relativamente às barreiras culturais, as mesmas são agravadas pelas representações sociais que se reflectem nos cuidados de saúde prestados pelos profissionais de saúde. Outras situações específicas também identificadas, como a solidão e a violência, também afectam o acesso no caso de mulheres mais jovens. No caso das estratégias desenvolvidas pelos profissionais para superar as barreiras e facilitar o acesso são na sua maioria sujeitas a vontades e esforços pessoais./ dependem na sua maioria da vontade e esforços pessoais. Os resultados da investigação mostram a diferença entre a lei e a prática, diferença esta agravada pela crise económica e as restrições no sector da saúde, que ameaçam/ conduzem a um retrocesso na inclusão social dos imigrantes em Portugal. O compromisso da saúde pública com base numa maior cidadania, competência cultural e literacia de saúde contribuem para a redução das desigualdades no acesso à saúde das mulheres imigrantes e para a sua efectiva inclusão na sociedade portuguesa.
The overall aim of this research is to understand the access to maternal and child healthcare of immigrant women in Portugal. We start from the evidence that immigrant women face greater difficulties in accessing health, aggravated during pregnancy and motherhood and from the evidence that consider the social determinants of health and immigration as important factors of these inequalities. It is a qualitative research that uses documentary techniques, observations and interviews with women, health professionals and other social agents. We conclude that there are significant barriers to access to health related institutional, socioeconomic, functional and cultural aspects, the latter being aggravated by the social representations that are reflected in health care. We also identified specific situations of loneliness and violence also affect access in the case of younger women. Some strategies carried out by professionals were also identified to overcome barriers and facilitate access, but these are mostly subject to wills and personal efforts, the creation of an institutional framework that guarantees remain indispensable. Evidence of this research shows the gap between law and practice, exacerbated by the economic crisis and restrictions in the health sector that threaten a retreat on social inclusion in Portugal. The commitment to a public health based on greater cultural competence and greater health literacy, contribute to reducing inequalities in access of immigrant women.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/12327
Thesis identifier: 101456573
ISBN: 978-989-732-998-2
Designation: Doutoramento em Sociologia
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese Alejandra Ortiz Julho2016.pdf2.33 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.