Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/12208
acessibilidade
Title: As autoridades tradicionais Vandau, Estado e política local em Moçambique
Authors: Florêncio, Fernando
Orientador: Heimer, Franz Wilhelm
Keywords: Autoridades tradicionais
vaNdau
Estado
Moçambique
Issue Date: 2003
Citation: FLORÊNCIO, Fernando - As autoridades tradicionais Vandau, Estado e política local em Moçambique [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2003. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/12208>.
Abstract: A vontade de produzir um estudo aprofundado, do ponto de vista teórico-empírico, sobre a problemática do poder tradicional em Moçambique, colocava desde logo um problema metodológico de partida na definição do próprio objecto de estudo, nomeadamente a definição da escala de análise. Realizar uma investigação à escala nacional, uma análise macro-sociológica, estava fora das pretensões. A complexidade da problemática e a pluralidade de casos empíricos e de variâncias etno-regionais, induzia a que um estudo desta natureza, se bem que pertinente e importante pelo seu carácter comparativo, perdesse bastante em extensão e profundidade empírica. Por outro lado, uma investigação centrada numa dimensão distrital, do estilo da investigação realizada para o Mestrado, numa escala micro-sociológica, se bem que ganhasse em profundidade perdia incomensuravelmente em comparatividade. Por isso optou-se por uma solução intermédia, numa espécie de escala meso-sociológica. Neste último contexto existiam várias possibilidades, uma análise da problemática ao nível regional, em que a Província enquanto unidade político-administrativa poderia constituir a medida da escala, ou uma análise ao nível de um grupo etno-linguístico. Esta última surgiu como a opção mais pertinente, por duas razões, pela homogeneidade sociológica esperada num grupo etno-linguístico e pelos conhecimentos etnográficos que a investigação de Mestrado já tinha produzido sobre o grupo Ndau, que constituiriam seguramente uma mais valia e uma conveniente base empírica de partida. A escolha do poder tradicional Ndau constituiu assim um passo importante na definição do objecto de estudo, mas não significava ainda que o objecto estivesse definido, pelo menos de modo satisfatório. Na verdade o interesse da investigação não residia exclusivamente na produção de conhecimentos etnográficos sobre esta estrutura de poder, mas também em relacionar essa estrutura com outros contextos sociológicos envolventes, nomeadamente com as populações vaNdau, por um lado, e com outros actores políticos locais, tais como o Estado, por outro. Ou seja, por um lado abordar o lugar e o papel desta estrutura no modelo da organização social das populações vanNdau, ou seja no seu modelo de reprodução social. Por outro, identificar o papel e lugar da estrutura de poder tradicional Ndau no processo de formação do Estado e analisar o modo de relacionamento com outros actores políticos locais, que participam igualmente nesse processo.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/12208
Thesis identifier: 101112122
Designation: Doutoramento em Estudos Africanos Interdisciplinares em Ciências Sociais
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
As_Autoridades_Tradicionais_Vandau.pdf3.19 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.