Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/12090
acessibilidade
Title: Práticas de sustentabilidade na banca em Portugal: análise dos casos dos bancos presentes no psi-20
Authors: Quintas, Susana Moreira Guedes Neves
Orientador: Pernas, Gonçalo
Keywords: Instituições financeiras
Responsabilidade social
Responsabilidade social das empresas
Governance
Gestão financeira
Sustentabilidade
Ética
Financial Institutions
Sustainability
Social Responsibility
Governance
Ethics
Issue Date: 2012
Citation: QUINTAS, Susana Moreira Guedes Neves - Práticas de sustentabilidade na banca em Portugal: análise dos casos dos bancos presentes no psi-20 [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2012. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/12090>.
Abstract: Com a crise económica e financeira a nível mundial torna-se cada vez mais relevante que as empresas sejam sustentáveis não apenas em termos económicos, mas também nível ambiental e social. A presente dissertação visa analisar as práticas de sustentabilidade da Banca Portuguesa e compará-las com as práticas das Instituições Financeiras melhor colocadas em termos de sustentabilidade a nível internacional. Para âmbito de análise foram selecionados os casos dos Bancos presentes no PSI-20, por se tratar de instituições privadas que representam uma considerável fatia da quota de mercado português (mais de 55%). A nível internacional foram selecionados os Bancos vencedores nos últimos anos dos Índices de Sustentabilidade Dow Jones (DJSI), em colaboração com a empresa SAM, que estão entre os mais conceituados índices de sustentabilidade a nível internacional, disponibilizando rankings específicos por setores de atividade. A comparação das práticas de sustentabilidade entre as Instituições Financeiras selecionadas, nas três dimensões da sustentabilidade (económica, social e ambiental) permite avaliar qual o posicionamento da Banca nacional face às melhores práticas internacionais, e quais as medidas que poderiam ser implementadas no sentido de melhorar a sua performance em termos de práticas de sustentabilidade.
Com a crise económica e financeira a nível mundial torna-se cada vez mais relevante que as empresas sejam sustentáveis não apenas em termos económicos, mas também nível ambiental e social. A presente dissertação visa analisar as práticas de sustentabilidade da Banca Portuguesa e compará-las com as práticas das Instituições Financeiras melhor colocadas em termos de sustentabilidade a nível internacional. Para âmbito de análise foram selecionados os casos dos Bancos presentes no PSI-20, por se tratar de instituições privadas que representam uma considerável fatia da quota de mercado português (mais de 55%). A nível internacional foram selecionados os Bancos vencedores nos últimos anos dos Índices de Sustentabilidade Dow Jones (DJSI), em colaboração com a empresa SAM, que estão entre os mais conceituados índices de sustentabilidade a nível internacional, disponibilizando rankings específicos por setores de atividade. A comparação das práticas de sustentabilidade entre as Instituições Financeiras selecionadas, nas três dimensões da sustentabilidade (económica, social e ambiental) permite avaliar qual o posicionamento da Banca nacional face às melhores práticas internacionais, e quais as medidas que poderiam ser implementadas no sentido de melhorar a sua performance em termos de práticas de sustentabilidade.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/12090
Designation: Mestrado em Gestão
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.