Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/12040
acessibilidade
Title: Estudo da realidade económca e cultural do estado membro da CEDEAO - República da Guiné-Bissau
Authors: Sousa, Miriam Sueli Monteiro de Jesus
Orientador: Robalo, António
Keywords: Guiné-Bissau
Cultura
Comportamento Intercultural
Negócio
Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental
Gestão de empresas
Comportamento
Interculturalidade
Guinea-Bissau
Culture
Culture Business
Behavior
Issue Date: 2016
Citation: SOUSA, Miriam Sueli Monteiro de Jesus - Estudo da realidade económca e cultural do estado membro da CEDEAO - República da Guiné-Bissau [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/12040>.
Abstract: Esta investigação teve como principal objectivo, identificar aspectos da cultura nacional da Guiné-Bissau e a forma como estes influenciam o ambiente empresarial, os gestores e os protocolos de forma geral. Antiga colonia portuguesa, o país tornou-se independente em 1973. Desde então têm sofrido frequentes golpes de Estado, perpetrados pelo poder militar, que minam a estabilidade do país. O ambiente de negócios tem evoluido lentamente. Contudo, começa a assumir uma postura mais atractiva para os investidores. A diversidade etnocultural do país enriquece a cultura nacional e determina características intrínsecas à mesma. Geert Hofstede definiu a cultura nacional utilizando 5 dimensões. Com base nesta linha de pesquisa, analisou-se a cultura nacional da Guiné-Bissau fazendo uma comparação com o estudo elaborado pelo autor para o Senegal, devido à partilha de várias características comuns, desde o processo de formação social ao perfil étnico. Estaremos em presença de uma sociedade onde a distância hierárquica é considerada elevada, principalmente devido às tradições das tabankas (comunidades); assume características femininas, valorizando o “nós”; as práticas relacionadas com o Longo Prazo são escassas uma vez que esta sociedade está voltada ao Curto Prazo; a sociedade é predominantemente colectivista, e vocacionada para um elevado índice de controlo de incerteza. Relativamente ao estilo de negociação, e utilizando o quadro de referência de Richard Gesteland, assente em quatro padrões dentro do Estilo de Negociação concluiu-se que a sociedade guineense é expressiva; dá enfase às relações em detrimento dos negócios; é uma sociedade formal e em relação ao tempo é uma cultura policrónica.
This research aimed to identify aspects of national culture of Guinea-Bissau and how this influences the business environment, managers and the general protocols. A Former Portuguese colony, the country gained its independence in 1974. They have since suffered from frequent coups, perpetrated by the military power that undermined the country's stability. The business environment evolves slowly, however it begins to take on a more attractive approach to investors. The ethnocultural diversity of the country enriches national culture and determines intrinsic characteristics in the same way. Based on the model of cultural dimensions of Hoftede, we analyzed the national culture of Guinea-Bissau using the study he prepared for Senegal, due to the fact that the two countries share common characteristics regarding social formation and ethnic profiling process. Thus Guinea-Bissau has a society where power distance is considered high, mainly due to the composition of tabankas (communities); assume female characteristics, valuing the "we"; practices related to long-term are poor since this society is focused on short-term; society is predominantly collectivist; dedicated to the high level of uncertainty control. Relatively to communication and negotiation style, we relied on Richard Gesteland and his four patterns. Based on this literature, it was concluded that the Guinea society is expressive; gives emphasis to relations at detriment of business, is a formal society and in relation to time is a polychronic culture.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/12040
Thesis identifier: 201197332
Designation: Mestrado em Gestão de Empresas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
ESTUDO DA REALIDADE ECONÓMCA E CULTURAL DO ESTADO MEMBRO DA CEDEAO_ MIRIAM SOUSA.pdf1.79 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.