Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/11964
acessibilidade
Title: Serviço social e ambiente: a sustentabilidade ecológica das comunidades socialmente vulneráveis
Authors: Rocha, Helena Maria Belchior Campos Costa Lourenço
Orientador: Ferreira, Jorge Manuel Leitão
Keywords: Comunidade local
Ecologia
Serviço social
Sustentabilidade ambiental
Desigualdade social
Community
Ecology
Social work
Sustainability
Vulnerability
Issue Date: 2016
Citation: ROCHA, Helena Maria Belchior Campos Costa Lourenço - Serviço social e ambiente: a sustentabilidade ecológica das comunidades socialmente vulneráveis [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/11964>.
Abstract: «Serviço Social e Ambiente: a sustentabilidade ecológica das comunidades socialmente vulneráveis», consolidou um processo de pesquisa em Serviço Social, cujo objectivo geral foi analisar o conceito de eco-bairro e a intervenção do Serviço Social, numa visão multifocal através de uma abordagem de empowerment, em que as comunidades e os seus parceiros sejam co-autores num processo participativo de construção colectiva de modelos de desenvolvimento integrado e sustentável. Procuramos identificar as competências básicas necessárias para a prática ambiental no domínio do Serviço Social e conhecer como a intervenção dos assistentes sociais se destaca em networking, no envolvimento dos vários sectores das comunidades vulneráveis e compreender a sua importância para desenvolvimento sustentável. Na metodologia optou-se pelo paradigma interpretativo e por um estudo de natureza explicativa e misto, de pesquisa no terreno, utilizando métodos quantitativos e qualitativos, como a observação não participante, inquérito por questionário e entrevistas semi-directivas. Como resultados destacamos que o Serviço Social estabelece uma forte ligação com o ambiente e o desenvolvimento sustentável, como profissão e como disciplina académica. O seu foco nos direitos humanos, justiça social e desenvolvimento de comunidades cria uma base sólida sustentada em intervenções participativas e em processos internacionais para uma prática ambiental. Concluímos ainda que a possibilidade de criação de um modelo de Serviço Social que valorize, de forma particular, a inter-relação das dimensões sociais e ambientais constitui uma mais-valia para a profissão, dado o seu carácter interventivo e o seu significado social. Por conseguinte, a prática de intervenção, em simultâneo com investigação, dá aos profissionais a oportunidade de reflectir e inovar no seu fazer profissional e idealmente situados para prosseguir com as questões da justiça ambiental e promover o desenvolvimento sustentável, uma tarefa complexa dadas as estruturas sociais que separam os indivíduos do seu ambiente físico.
“Social Work and Environment: ecological sustainability of socially vulnerable communities” has consolidated a research process in Social Work, in which the main objective was to analyse the concept of eco-neighbourhood and the intervention of Social Work through a multifocal vision with empowerment approach, where communities and its partners are co-authors in a participatory process for the collective construction of models for an integrated and sustainable development. We tried to identify the basic skills needed for an environmental practice in the Social Work domain and to understand how the practice of social workers excels in networking, and in the involvement of various sectors of vulnerable communities and its importance to sustainable development. The methodology chosen was the interpretative paradigm and a study of explanatory and mixed nature of field research, using quantitative and qualitative methods, such as non-participant observation, questionnaire survey and semi-structured interviews. The results highlight that social work establishes a strong link with the environment and sustainable development, as a profession and as an academic discipline. Its focus on human rights, social justice and community development creates a solid foundation for sustained participatory interventions and international processes for environmental practice. We conclude also that the possibility of creating a model of social work that values in a special way the interrelationship of social and environmental dimensions is an asset to the profession given its interventionist character and its social significance. Therefore, the practice of intervention, along with research, gives professionals the opportunity to reflect and innovate in their professional practice and positioning them to pursue the issues of environmental justice and to promote sustainable development, which is a complex challenge due to the social structures that separate people from the physical environment.
Description: Doutoramento em Serviço Social
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/11964
ISBN: 978-989-732-966-1
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TeseDoutVF-HelenaRocha Agosto2016.pdf5.78 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.