Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/11612
acessibilidade
Title: Falhas de comunicação no bloco operatório: fatores organizacionais e individuais que contribuem para uma má comunicação
Authors: Martins, Susana Patrícia da Costa
Orientador: Simões, Paulo
Keywords: Cultura de segurança
Segurança do doente
Bloco operatório
Comunicação
Melhoria de qualidade
Safety culture
Patient safety
Operating room
Communication
Quality improvement
Issue Date: 2015
Citation: MARTINS, Susana Patrícia da Costa - Falhas de comunicação no bloco operatório: fatores organizacionais e individuais que contribuem para uma má comunicação [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/11612>.
Abstract: Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), as organizações de saúde necessitam tornar-se resilientes criando mecanismos que continuamente previnam, detetem, mitiguem ou diminuam o perigo, ou a ocorrência de incidentes (OMS, 2009). Na base das preocupações com a segurança do doente surge a necessidade de construir uma cultura organizacional, de promoção contínua da qualidade dos cuidados. Uma cultura de segurança que reflita o compromisso dos profissionais da organização com a promoção contínua de um ambiente terapêutico mais seguro, influenciando comportamentos e resultados de segurança, tanto para os colaboradores como para os doentes. De entre outros tópicos, a segurança dos doentes associada ao Bloco Operatório merece uma maior atenção, por se tratar de um ambiente complexo, com diversas variáveis em interação (profissionais de saúde, equipamentos, doente), onde existe uma maior probabilidade de ocorrência de erros médicos e incidentes. O Bloco Operatório é também uma área de interação entre múltiplos serviços e múltiplas especialidades cirúrgicas, com diferentes motivações e culturas pelo que, para se atingirem os objetivos de gestão é necessário o empenho de todos os intervenientes. Na saúde, a comunicação eficaz entre todos os profissionais é fundamental para o envolvimento de todos, para a identificação de problemas e soluções e para aumentar a probabilidade de sucesso na obtenção dos objetivos definidos. As falhas de comunicação levam a procedimentos inadequados, induzem graves problemas de adesão, levam à insatisfação dos doentes e à frustração dos profissionais de saúde, pelo que é importante encontrar quais os fatores (organizacionais e individuais) que contribuem para estas mesmas falhas, principalmente, num ambiente como o Bloco Operatório.
To the World Health Organization (WHO), health organizations need to become resilient creating mechanisms that continually prevent, detect, mitigate or reduce the danger, or the occurrence of incidents (WHO, 2009). On the basis of concerns about patient safety arises the need to build an organizational culture of continuous promotion of care quality. A safety culture that reflects the commitment of the organization's professionals to continuously promote a safer therapeutic environment, influencing behavior and safety outcomes, both for employees and for the patient. Among other topics, patient safety associated with the Operating Room deserves more attention, because it is a complex environment with many variables in interaction (health professionals, equipment, patient), where there is a greater probability of occurrence of medical errors and incidents. The Operating Room is also an area of interaction between multiple services and multiple surgical specialties, with different motivations and cultures by which to achieve the objectives of management is required commitment from all the stakeholders. In healthcare, effective communication between all the professionals is critical to the involvement of all, to identify problems and solutions and to increase the probability of success in achieving the set goals. The miscommunications lead to inadequate procedures, induce to serious compliance problems, lead to dissatisfaction of patients and frustration of health professionals, so it is important to find which factors (organizational and individual) that contributing to these failures mainly an environment such as the Operating Room.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/11612
Thesis identifier: 201211360
Designation: Mestrado em Gestão de Serviços de Saúde
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Susana Martins_DM.pdf1.5 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.