Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/11585
acessibilidade
Title: Meta-analysis and systematic review on edipemiology of healthcare, associated infection in developing countries: a case study in a chinese hospital
Authors: Wang, Xiaoya
Orientador: Curto, José Dias
Keywords: Healthcare-associated infection
Meta-analysis and systematic review
Developing countries
Gestão da saúde
Cuidados de saúde
Qualidade em saúde
China
Issue Date: 21-Dec-2015
Citation: XIAOYA WANG - Meta-analysis and systematic review on edipemiology of healthcare, associated infection in developing countries: a case study [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/11585>.
Abstract: Healthcare-associated infection is the most frequent result of unsafe patient care worldwide, but few data are available from the developing world. We aimed to assess there cent epidemiology of healthcare-associated infection in developing countries. We searched electronic database and relevant list of articles containing full or partial prevalence or incidence data of healthcare-associate infection from developing countries. Pooled data has been considered in the analysis. In addition, in order to explore prevalence of healthcare-associated in a hospital-wide case, a raw surveillance data in a Chinese hospital was analyzed. The final eligibility criteria both for inclusion and exclusion in the study were met by 155 studies. In general, prevalence of healthcare-associated infection(pooled prevalence in high quality studies,10.5per 100 patients [95%CI 6.1-14.9]) was higher than that in USA and Europe. But prevalence in the Chinese hospital(prevalence of infected patients, 1.97 per 100 patients)even lower than the minimum value of an official study in European countries. Thus, rate of healthcare-associated prevalence in developing higher than developed countries is a general pattern. Since difference of three between yearly prevalence rates in the Chinese hospital were statistically significant, we concluded prevalence rate decreased over times. Higher prevalence of HAI showed in patients whose length of hospitalization excessed average figure, thus, it is better to reasonably shorten hospitalization day to prevent healthcare-associated infection. INICC multidimensional infection control approaches have a successful intervention effect.
As infeções associadas aos cuidados de saúde são o resultado mais frequente de práticas de saúde inseguras em pacientes, presentes em todo o mundo, mas são poucos os dados disponíveis dos países em desenvolvimento. O nosso objetivo foi avaliar a recente epidemiologia das infeções associadas aos cuidados de saúde nestes países. Foram usadas para pesquisa bases de dados eletrónicas e uma lista de artigos relevantes, contendo dados de prevalência total ou parcial, ou dados de incidência associados a estas infeções em países em desenvolvimento. A análise teve em consideração o conjunto dos dados obtidos. Para além disso, a fim de explorar a prevalência dos cuidados de saúde no caso específico dos hospitais, foram tidos em atenção dados em bruto de um hospital chinês. Os critérios de elegibilidade finais, tanto de inclusão como de exclusão no estudo, foram cumpridos por 155 casos. No geral, a prevalência de infeções associadas aos cuidados de saúde (prevalência conjunta em estudos de alta qualidade, de 10,5 por 100 pacientes [95% CI 6,1-14,9]) foi maior do que nos EUA e na Europa. Mas a prevalência no hospital chinês (prevalência de pacientes infetados, 1,97 por 100 pacientes) éainda menor do que o valor mínimo de um estudo oficial em países europeus. Assim, no geral, a taxa de prevalência de infeções associadas aos cuidados de saúde nos países em desenvolvimento é superior à dos países desenvolvidos. Uma vez que a diferença entre as taxas de prevalência anual, analisando os três casos, foi estatisticamente significativa no caso do hospital chinês, concluímos que a taxa de prevalência diminuiu ao longo do tempo. A maior prevalência de infeções associadas aos cuidados de saúde apresenta-se em pacientes cujo tempo de internamento excede o valor médio, sendo assim melhor encurtar razoavelmente o dia de internamento para prevenir infeções associadas aos cuidados de saúde. As abordagens aplicadas pelo International Nosocomial Infection Control Consortium (INICC) no controlo multidimensional das infeções têm um efeito de intervenção bem-sucedido.
Description: I10, I12
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/11585
Designation: Mestrado em Gestão de Empresas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Xiaoya Wang.pdf1.58 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.