Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/11478
acessibilidade
Title: Teoria e realidade: da teoria da política externa à realidade das relações internacionais
Authors: Menezes, Elisabete Sofia Nabais de Oliveira de Freitas e
Orientador: Telo, António José
Keywords: Sistema internacional
Diplomacia
Emigração
Comércio externo
Relações externas
Política externa
International system
Diplomacy
Emigration
International commerce
International relations
Foreign policy
Issue Date: 2016
Citation: MENEZES, Elisabete Sofia Nabais de Oliveira de Freitas e - Teoria e realidade: da teoria da política externa à realidade das relações internacionais [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2016. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/11478>.
Abstract: O objetivo principal desta tese é chegar a uma melhor compreensão da forma como Portugal se liga ao Mundo e do significado dessa ligação na evolução interna da sociedade. Na base do presente estudo estão duas dicotomias nacionais: a relação entre a visão da política externa e a realidade da rede diplomática portuguesa; e o confronto ou harmonia que existe entre a política externa portuguesa e as relações externas. No século XX, Portugal teve uma evolução semelhante às outras sociedades da Europa do Sul e Ocidental, mas com fortes traços de originalidade. Uma importante componente na compreensão desta originalidade são os fatores externos e a forma como o interno e o externo se interligam no caso português, criando uma “disfunção” no sistema internacional. Neste estudo analisamos cinco períodos de transição em termos de relações externas / política externa de Portugal ao longo do século XX: 1908-11; 1935-1939; 1949-1953, 1969-1976; 1986-1992. A partir dos discursos dos governantes e de outros documentos oficiais identificamos as grandes linhas da política externa nacional oficial e a forma como se relaciona com os objetivos do Governo para a evolução da sociedade portuguesa. Num segundo momento, comparamos esta teoria oficial com a da rede diplomática portuguesa criada para executar a política externa. Num terceiro momento, centramos a nossa análise em duas outras redes importantes no campo das relações externas: a rede dos fluxos humanos de emigração e a rede das trocas comerciais com o exterior. Do cruzamento dos dados obtidos pelas três redes retiramos conclusões acerca da existência de concordância entre a visão dos responsáveis portugueses acerca do sistema internacional e a realidade nacional e sobre a influência do sistema internacional na originalidade de Portugal.
The principal objective of this thesis is to reach a greater understanding of the manner in which Portugal interacts with the outside world and the impact of this connection upon the evolution of society at the national level. At the heart of the present study are two national dichotomies, the relationship between the vision of foreign policy and the reality of the Portuguese diplomatic network and the degree of conflict or harmony which exist between Portugal's foreign policy and its actual international relations. In the 20th century, Portugal's evolution was similar to that of other southern and western European countries in many ways but has maintained strong traces of originality. A key component to understanding this originality is the influence of external factors and especially the way in which the internal and the external marry in the Portuguese case, creating a “dysfunction” in the international system. In this study we will analyse five periods of transition in terms of international relations and foreign policy in Portugal during the 20th century: 1908-11; 1935-1939; 1949-1953, 1969-1976 and 1986-1992. From government speeches and other official documents we can identify the main principles of official foreign policy and the way in which these relate to the Government's objectives for the evolution of Portuguese society. Secondly, we will compare this official policy with the practical experience of the Portuguese diplomatic network created to execute foreign policy. Thirdly, we focus our analysis on two other important fields of international relations: emigration and international commerce. From our analysis of the data obtained from these three fields of study, we will draw conclusions about the level of concurrence between the establishment's vision of the international system and the national reality and how the influence of the international system impacts on the originality of Portugal.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/11478
Thesis identifier: 101533110
ISBN: 978-989-732-881-7
Designation: Doutoramento em História, Defesa e Relações Internacionais
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese_ Sofia Menezes.pdf3.76 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.