Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/11358
acessibilidade
Title: O espaço filmado ou o Bairro das Fontainhas nos filmes de Pedro Costa
Authors: Martins, André Salgueiro
Orientador: Neves, José Carlos Simões
Milheiro, Ana Cristina Fernandes Vaz
Issue Date: 2015
Citation: MARTINS, André Salgueiro - O espaço filmado ou o Bairro das Fontainhas nos filmes de Pedro Costa [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/11358>.
Abstract: Este trabalho visa apresentar uma leitura sobre o Bairro das Fontaínhas como visto pelo cinema do realizador português Pedro Costa. Tratando-se de um bairro entretanto demolido, dele sobram vários tipos de registos. O que encontramos nos filmes de Costa não é, no entanto, o registo arquitectónico e urbanístico rigoroso e representativo, é necessariamente diferente. É um olhar pessoal, que privilegia a vida do bairro em detrimento das estruturas construídas onde essa vida se desenrola. Partindo de uma compreensão de como o cinema apreende o espaço, incluindo o espaço urbano, esta dissertação pretende focar a distância que vai do Bairro enquanto lugar físico que teve um crescimento e um fim ao Bairro como imortalizado pelo imaginário de Costa. Mais ainda, pretende-se compreender como esse imaginário pessoal do realizador pode, além de testemunhar uma forma de vida social que se apagou, iluminar ainda aquilo que é a vida comunitária num bairro de génese ilegal, ou a vida comunitária por si mesma. Analisar estas questões é importante, não apenas no sentido em que se passa a entender o cinema como instrumento crítico para a arquitectura e o urbanismo, mas igualmente no sentido em que possibilita um teste das fronteiras entre o imaginário e o documental, o todo e a síntese, a comunidade e o olhar que medita sobre ela.
This essay aims towards a reflexion on the Fointainhas Neighbourhood as shown in the movies of portuguese director Pedro Costa. The neighbourhood has been demolished since production time, but documentation remains. What we find in Costa's movies is not, however, the architectural ou urban documment, strict and representative, but a necessarily different approach. It is a personal regard, emphathizing common life in the neighbourhood rather than the built structures where that life comes to be. Starting from an understanding of how cinema aprehends space, including urban space, this dissertation focuses on the distance between the neighbourhood as a physical place that had grown and was destructed and the neighbourhood as it was immortalized by Costa's imaginary. Even more so, we aim at understanding how the personal regard of the director might constitute a testimony of a form of social life that has since vanished, and even throw some light upon what communitarian life is like, specially in an illegal neighbourhood. Matters such as these are important not only in the sense that they accept cinema as a critical tool for architecture and urban structure, but also in the sense that they allow for a questioning of the borderlines between imagination and doccument, the whole and its synthesis, the community and the one who meditates on it.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/11358
Thesis identifier: 201201119
Designation: Mestrado Integrado em Arquitetura
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
PFA- Vertente teórica.pdf51.88 MBAdobe PDFView/Open
PFA-Vertente Prática.pdf34.61 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.