Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/11331
acessibilidade
Title: O valor relevante dos ativos Intangíveis: evidência para a Europa
Authors: Gonçalves, João André dos Santos
Orientador: Pais, Cláudio António Figueiredo
Keywords: Valor relevante
IFRS
Ativos intangíveis
IAS 38
Intangible assets
Issue Date: 2015
Citation: GONÇALVES, João André dos Santos - O valor relevante dos ativos Intangíveis: evidência para a Europa [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/11331>.
Abstract: A discussão sobre a contabilização dos ativos intangíveis é um tema em aberto. Dada a sua importância para o valor de mercado das empresas é exigido uma reflexão séria sobre as atuais políticas de relato financeiro. Os critérios de reconhecimento das normas nacionais eram mais flexíveis do que os da International Accounting Standard (IAS) 38 Intangible assets. A adoção obrigatória das International Financial Reporting Standards (IFRS) em 2005 na União Europeia veio limitar o reconhecimento dos ativos intangíveis, sobretudo para os gerados internamente. Poucos estudos analisaram o efeito da IAS 38 no valor relevante dos ativos intangíveis reconhecidos no balanço das empresas europeias. Como esperado e para uma amostra de empresas europeias de 1997 a 2012 o relato dos ativos intangíveis é relevante para o investidor, contudo também se verifica que o seu valor relevante diminui aquando da adoção das IFRS após 2005. Isto permite concluir que o conservantismo e o predomínio da fiabilidade em detrimento da relevância não tem valor relevante para o investidor.
Until the present day, there is not a consensus regarding the accounting for intangible assets. The current accounting policies jeopardize financial reporting. Comparing previous national standards with the International Accounting Standard (IAS) 38 Intangible assets, the formers were much more flexible in terms of recognition and measurement of intangible assets, especially for internally generated ones. Not many studies have analyzed the impact of IAS 38 on the value relevance of intangibles assets for a European sample. As expected, this study finds evidence on the value relevance of intangible assets between 1997 and 2012 notwithstanding the decline of value relevance on the period post adoption of the IFRS in 2005. We can consider that the conservatism and the preference of the faithful representation, instead of the relevance, have made the value relevance of information to investor to decline.
Description: JEL Classification: M41; O30
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/11331
Thesis identifier: 201182920
Designation: Mestrado em Contabilidade
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
PDF_ATIVOS INTANGÍVEIS_ANDRÉ.pdf665.73 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.