Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/11236
acessibilidade
Title: O papel do arquiteto em processos participativos : um contributo para a compreensão de alternativas no modo de projetar.
Requalificação de Setúbal Nascente
Authors: Romão, Cristina Alves de Campos
Orientador: Paio, Alexandra
Guterres, António Brito
Botelho, Pedro Viana
Keywords: Processo participativo
Compromisso social
Metodologias alternativas
Participatory design
Socil engagement
Alternative methodologies
Issue Date: 2015
Citation: ROMÃO, Cristina Alves de Campos - O papel do arquiteto em processos participativos : um contributo para a compreensão de alternativas no modo de projetar. Requalificação de Setúbal Nascente [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/11236>.
Abstract: Como pode o arquiteto amplificar o seu compromisso com os utilizadores e, como resultado, enaltecer a relação entre a arquitetura e a sociedade? Esta questão relembra-nos que arquitetura como processo não pode abandonar o compromisso com as dinâmicas sociais. É perante este desafio que a presente dissertação pretende investigar a temática da participação em arquitetura e assim apontar alguns contributos do arquiteto em processos participativos. A Participação é apresentada e discutida como uma metodologia que admite a inclusão do futuro morador, a vários níveis, no processo de criação. O tema surge em arquitetura na década de sessenta, por um lado como uma revolta contra o estatuto elitista do arquiteto do movimento moderno e, por outro, como vontade do arquiteto de assumir uma responsabilidade política e social no exercício da sua profissão. Embora tenha adormecido no final do século passado, o tema da participação faz novamente parte do debate da disciplina. No início do século XXI, a participação apresenta-se como um processo de investigação e como parte integrante do desenvolvimento do projeto em cocriação. Desta forma, torna-se imprescindível perceber porque se desencadeou agora um novo interesse na temática. Uma explicação pode ser a crise financeira mundial que vem alertar para a urgência de responder às problemáticas sociais e políticas do presente. A quantidade e diversidade de experiências participativas em arquitetura torna o tema difícil de analisar, interpretar e criticar através de generalizações. Assim, é adotada nesta investigação uma metodologia que faz um enquadramento global à temática, recorrendo a casos de estudo teóricos e práticos, que descrevem a génese do pensamento participativo. Pretende-se, desta forma, estabelecer uma aproximação ao que se consideram ser três abordagens distintas à prática participativa, encabeçadas pelos arquitetos John F. C. Turner, N. John Habraken e Giancarlo de Carlo. No final, aplica-se os resultados da investigação teórica na abordagem projetual a um território concreto – o Bairro da Bela Vista em Setúbal. Por outras palavras, demonstra-se/ experimenta-se na prática a aplicabilidade dos processos participativos no processo de desenho arquitetónico da vertente prática do Projeto Final de Arquitetura. Esta investigação pretende contribuir para uma visão alternativa no modo de fazer arquitetura na contemporaneidade. No fundo, como podemos atualmente restaurar a relação entre a arquitetura e a sociedade através da participação em arquitetura?
How can architects enlarge their commitment with users and as a result develop the relationship between architectural and society? This question reminds us that architecture as a process cannot avoid commitment with social dynamics. In the face of this challenge, the present dissertation aims to investigate the participatory design issue in architecture and so, point out some contributions of architects in participatory design processes. Participation is presented and discussed as a methodology which allows the inclusion of the future user, at several levels, in the design process. The subject rises in architecture in the sixties, on the one hand as a renounce of the modern movement’s elitism and, on the other, as a will of the architect to assume a social and political responsibility in the practise of architecture. Although it was fading at the end of the last century, participation is once again part of the architectural debate. In the beginning of the XXI Century, participatory design stands as an investigation process and as part integrated of the project’s development in co creation. Thus, it becomes essential to understand why now triggered a new interest on the subject. One explanation could be the global financial crises which has raising the awareness to the urgency to generate solutions to the social and political issues of the time. The quantity and diversity of participatory experiences in architecture makes the subject difficult to analyse, interpret and criticize through generalizations. In this way, it is adopted in this research a methodology that makes a global framework to the subject, resorting to theoretical and practical case studies, which describes the genesis of the participatory way of thinking. Therefore, it is intended to establish an approximation to what is consider to be three distinct approaches to participatory processes, led by the architects John F. C. Turner, N. John Habraken and Giancarlo De Carlo. In the end, the results of the theoretical investigation are applied in the architectural design approach to a specific territory – the Bela Vista neighbourhood in Setúbal. In other words, it is expressed/experimented in practice, the applicability of participatory processes in the architectural design that corresponds to the Final Project of Architecture. This research aims to contribute to an alternative vision in the way of proceeding in architecture nowadays. Deep down, how can we now restore the relationship between architecture and society through participation in architecture?
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/11236
Thesis identifier: 201145472
Designation: Mestrado Integrado em Arquitetura
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese_O Papel do Arquiteto em Processos Participativos.pdf62.9 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.