Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/11001
Full metadata record
acessibilidade
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAguiar, Cecília-
dc.contributor.authorSilva, Inês Santiago Gomes da-
dc.date.accessioned2016-03-03T15:34:35Z-
dc.date.available2016-03-03T15:34:35Z-
dc.date.issued2015-
dc.date.submitted2015-06por
dc.identifier.citationSILVA, Inês Santiago Gomes da - Estatuto social em contexto pré-escolar: o olhar dos educadores [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/11001>.pt-PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10071/11001-
dc.descriptionClassificação da American Psychological Association (APA): 2956 - Educação Infantil e Contexto de Creche 3560 - Dinâmicas de Sala de Aula e Ajustamento e Atitudes dos Alunospor
dc.description.abstractEsta investigação analisa se as classificações dos educadores podem ser uma medida alternativa para se aceder ao estatuto social das crianças em idade pré-escolar. Partindo da replicação parcial da investigação conduzida por Andrade e colaboradores (2005), este estudo pretende: (1) comparar o estatuto social das crianças segundo o relato dos pares e as classificações dos educadores, (2) analisar a associação entre o estatuto social obtido com base no relato dos pares e com base na classificação dos educadores e características da criança (e.g., idade, problemas de comportamento, competências sociais e competências verbais) e (3) analisar, a título exploratório, a associação entre o estatuto social e a escolaridade dos pais e o tempo de contato entre a criança e o educador. Participaram neste estudo 89 educadores e 352 crianças em idade pré-escolar da Região de Lisboa. Segundo os resultados obtidos, não é possível estabelecer uma relação entre o estatuto social com base na classificação dos educadores e com base no relato dos pares. Os educadores tendem a classificar como rejeitadas/negligenciadas e controversas as crianças que apresentam mais problemas de comportamento; e a classificar como populares e médias as crianças que revelam mais competências sociais e verbais. As mesmas tendências verificam-se quando analisamos o estatuto social obtido através das nomeações dos pares, exceto no que diz respeito à competência verbal. Os dados obtidos sugerem que as classificações dos educadores não substituem a recolha de informação junto dos pares podendo, contudo, fornecer informação útil para efeitos de investigação.por
dc.description.abstractThis research analyses whether preschool teachers’ classifications can be used as an alternative measure to assess the social status of preschool children. A partial replication of the study by Andrade and collaborators (2005), this study intends to: (1) compare the peer social status of preschool children based on sociometric nominations and teacher classifications, (2) analyse the association between the social status based on peer nominations and teacher classifications and children’s characteristics such as age, behaviour problems, social skills, and verbal skills), and 3) analyse, on an exploratory basis, the association between the children’s social status and parents’ schooling as well as number of months spent with the teacher. Participated in this study 89 teachers and 352 preschoolers from the Lisbon area. According to the results obtained, it is not possible to establish an association between children’s social status based on teacher classifications and peer nominations. Regarding the associations between social status and children’s characteristics, teachers tend to classify as rejected/neglected and controversial children who exhibit more behavioural problems; and assess as popular and average children who reveal more social and verbal skills. The same pattern was verified when we analyzed the social status obtained through peers’ nominations, except regarding verbal skills. Findings suggest that teachers’ classifications of peer social status do not replace peer report allowing, nevertheless, the collection of useful information for research purposes.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectClassificação dos educadorespor
dc.subjectNomeações sociométricaspor
dc.subjectEstatuto socialpor
dc.subjectRelações sociaispor
dc.subjectTeacher-classifiedpor
dc.subjectSociometric nominationspor
dc.subjectSocial statuspor
dc.subjectSocial relationspor
dc.titleEstatuto social em contexto pré-escolar: o olhar dos educadorespor
dc.typemasterThesispt-PT
dc.peerreviewedSimpor
dc.identifier.tid201112604-
thesis.degree.nameMestrado em Psicologia Comunitária e Proteção de Menores-
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
2015_ECSH_DPSO_Dissertação_Inês Santiago Gomes da Silva.pdf1.41 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.