Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/10738
acessibilidade
Title: O paradigma do jornalismo de desenvolvimento na construção da democracia em Angola
Authors: Candumba, João Félix Pedro
Orientador: Neto, Pedro Pereira
Silva, Tiago José Lapa da
Keywords: Comunicação
Democracia
Desenvolvimento jornalismo
Liberdade
Angola
Communication
Democracy
Development
Journalism
Freedom
Issue Date: 2015
Citation: CANDUMBA, João Félix Pedro - O paradigma do jornalismo de desenvolvimento na construção da democracia em Angola [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/10738>.
Abstract: Este trabalho tem como princípio investigar o Paradigma do Jornalismo de Desenvolvimento na Construção da Democracia em Angola, tendo como base identificar se a prática jornalística que se realiza nos meios de comunicação social tem contribuído para a democracia no país como fonte de bem estar para todos. Uma das hipóteses da pesquisa é saber se a produção de notícias nos media, tanto público como privado constituem pressupostos fundamentais e requisitos do jornalismo de desenvolvimento que é o foco deste tema. Para isso, a conceptualização de estudo acerca da comunicação, opinião pública, democracia participativa e liberdade de imprensa que constitui o leque de abordagem deste trabalho. Também é definido neste estudo de pesquisa temas sobre a esfera pública, a origem da denominação de jornalismo de desenvolvimento, liberdade de imprensa como fundamentos que formam a noção da realização de uma comunicação de desenvolvimento que auxilia a sociedade a sair do estado de pobreza para o modelo de desenvolvimento. Ou seja, o termo jornalismo de desenvolvimento tem como finalidade em criticar e denunciar os erros do governo, mas ao mesmo tempo traça projetos de dar soluções aos problemas que afetam a sociedade e que impede o desenvolvimento social, económico e cultural da população rumo ao estado de bem-estar. Partindo da reflexão dos entrevistados e a própria realidade da atuação dos meios de comunicação em Angola, percebe-se que o funcionamento do mesmo no tratamento da informação em termo de notícias não corresponde o requisito do “jornalismo de desenvolvimento”. Em suma, afirma-se, que, de acordo com o que foi estudado durante o período de pesquisa, a atividade do jornalismo em Angola não contribui para a construção da democracia angolana, em sequência da falta de liberdade de imprensa, mecanismo de censura e casos de corrupção que não é permitida à sua divulgação.
In this paper we investigate the principle of “Journalism Development” Paradigm in Democracy Building in Angola, based on identifying haw the journalistic practice that takes place in the media has contributed to democracy in the country as well be supply for all. One hypothesis of the research is whether the production of news in the media, both public and private, constitutes fundamental assumptions and requirements of the development journalism, which is the focus of this dissertation. For this, the concepts of studies on communication, public opinion, participatory democracy and press freedom constitute the range of approaches to this work. It was also covered in this study topics on the public sphere, the origin of “development journalism” denomination, freedom of the press as fundamentals that form the notion of carrying out a development communication that helps society out of poverty for the development model. The development journalism notion aims to criticize and denounce the government's mistakes, but at the same time draws projects to give solutions to the problems that affect society and impedes social, economic and cultural development of the population towards the state wellness. Starting from the reflection of the respondents and the reality of the performance of the media in Angola, we realized that the operation thereof to process information in terms of news doesn´t meet the requirements of what is the development journalism. In theory, we state that, according to what has been studied during the research period, journalism in Angola does not contribute to the construction of the Angolan democracy, given the lack of press freedom, the presence of mechanisms of censorship in the media and the lack of investigation by the media of the reported cases of corruption.
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/10738
Thesis identifier: 201012863
Designation: Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO de João Félix Pedro Candumba.pdf1.73 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.