Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/10496
acessibilidade
Title: Diferenças de sexo na autonomia-em-relação: o papel mediador da agência e comunalidade
Authors: Avelino, Susana Filipa Reis
Orientador: Bernardes, Sónia
Keywords: Género
Autonomia-em-relação
Agência
Comunalidade
Gender
Autonomy-connectedness
Agency
Communion
Issue Date: 2015
Citation: AVELINO, Susana Filipa Reis - Diferenças de sexo na autonomia-em-relação: o papel mediador da agência e comunalidade [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/10496>.
Abstract: O presente estudo pretende, através do foco no conceito de autonomia-em-relação, contribuir para os estudos de género. Autonomia-em-relação é definida como a necessidade e capacidade para a independência, bem como para a intimidade e funcionamento em relações íntimas. Através da versão portuguesa da Escala de Autonomia-em-Relação (ACS-30, Bekker, 1993; Bekker & van Assen, 2006) pretende-se, não só explorar as diferenças de sexo na autonomia-em-relação, como também o papel mediador das dimensões de género “agência” e “comunalidade” na relação entre o sexo e as dimensões de autonomia-em-relação (Sensibilidade aos Outros, Auto-Consciência e Capacidade para Gerir Novas Situações). Têm sido encontradas diferenças significativas consistentes entre homens e mulheres nestas dimensões e, como tal, este estudo pretende explorar a influência do género nessas diferenças. Para tal, recolheram-se dados de uma amostra constituída por 185 participantes que completaram a escala ACS-30 para dimensões de autonomia, e o Questionário de Atributos Pessoais (PAQ, Spence et al., 1979) e a Escala de Comunalidade Não-Mitigada (UCS, Helgeson & Fritz, 1998) para dimensões de género. Confirmou-se que as mulheres pontuam mais na Sensibilidade aos Outros, sendo que a Comunalidade se correlaciona com esta dimensão. Verificou-se ainda que a relação entre o sexo e a Sensibilidade aos Outros é mediada pela Comunalidade e pela Comunalidade Não-Mitigada. Assim, este estudo contribui para os estudos da literatura de género, bem como para as questões de saúde mental e física que estão relacionadas com as dimensões de autonomia-em-relação e de género abordadas.
The present study aims to, focusing on the concept of autonomy-connectedness, contribute for the literature on gender studies. Autonomy-connectedness is defined as the need and capacity for independence, as well as for intimacy and functioning in intimate relationships. Using the portuguese version of the Autonomy-Connectedness Scale (ACS-30, Bekker, 1993; Bekker & van Assen, 2006) we intend, not only to explore the sex differences in autonomy-connectedness, but also the mediating role of the gender dimensions of “agency” and “communion” in the relation between sex and the autonomy-connectedness dimensions (Sensitivity to Others, Self-Awareness and Capacity for Managing New Situations). There have been consistently found significant differences between man and women within these dimensions and, as such, this study aims to explore the gender influence in those differences. In order to do that, data were collected from a sample of 185 participants who completed the ACS-30 for autonomy dimensions, and the Personal Attributes Questionnaire (PAQ, Spence et al., 1979) and the Unmitigated Communion Scale (UCS, Helgeson & Fritz, 1998) for gender dimensions. We confirmed that women score higher on Sensitivity to Others, being that Communality is correlated with this dimension. We also verified that the relation between sex and Sensitivity to Others is mediated by Communion and Unmitigated Communion. Thus, this study contributes for the gender literature studies, and also for matters of mental and physical health that are related to the autonomy-connectedness and gender dimensions we approached.
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/10496
Thesis identifier: 201063972
Designation: Mestrado em Psicologia Social da Saúde
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
TeseSusanaAvelino.pdf683.95 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.