Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/10396
acessibilidade
Title: Criminalidade no feminino: estudo de caso do Estabelecimento Prisional de Viana em Luanda
Authors: Cacete, Juscelina Evelize do Sacramento Fernandes
Orientador: Pereira, Aline Carla Afonso
Carvalho, Ana Catarina Larcher das Neves Santos
Keywords: Criminalidade feminina
Adversidades na infância
Autoconceito
Angola
Feminine criminality
Adversity in childhood
Self
Issue Date: 2015
Citation: CACETE, Juscelina Evelize do Sacramento Fernandes - Criminalidade no feminino: estudo de caso do Estabelecimento Prisional de Viana em Luanda [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/10396>.
Abstract: A presente investigação tem como objetivo estudar a criminalidade no feminino. Neste âmbito, visa conhecer as características psicossociais das mulheres reclusas angolanas e compreender de que modo a sua história de vida se relaciona e tem influência nos seus padrões comportamentais atuais. Participaram neste estudo 34 reclusas do Estabelecimento Prisional de Luanda, com idades compreendidas entre os 18 e os 75 anos, sendo a maioria de nacionalidade angolana. O procedimento metodológico implementado na consecução deste trabalho é misto, pois entendemos que a combinação de técnicas quantitativas e qualitativas torna a pesquisa mais forte e reduz o enviesamento dos resultados. A recolha dos dados foi efetuada através de uma entrevista semiestruturada e da aplicação do Questionário da história de adversidade na infância, Inventário de autoconceito e de um questionário sociodemográfico, elaborado especialmente para o efeito. Os resultados quantitativos e qualitativos revelam que parece não existir uma correlação direta entre as adversidades sofridas na infância e o autoconceito/perceção que as mulheres reclusas têm acerca de si próprias. Verificou-se, ainda, que a história de vida das inquiridas e os antecedentes criminais dos seus familiares não parecem terêm qualquer impacto no tipo de crimes cometidos na idade adulta.
This research has as a main purpose of the research was to study the feminine criminality. In this context, it aims to know the psychosocial characteristics of Angolan women prisoners and understand how their life story narrates and influences their current behavioral pattern. 34 inmates of the Prison of Luanda, aged between 18 and 75 have participated in this study, being the majority of them from Angolan nationality. The methodological procedure implemented in achieving this work is diverse, has we understand that the combination of quantitative and qualitative techniques turns the research stronger and reduces the bias of the results. In this sense, the data collection was performed through a variety of methods including a semi-structured interview, questionnaires of adversity in childhood, of Inventory of self and of a socio-demographic questionnaire developed especially for this purpose. The results obtained seem to indicate that show that there is no correlation between the adversities suffered in childhood and the self-concept of prisoner women. It was also found that the life story of the respondents and the criminal history of their families have no impact on the type of crimes committed in adulthood.
Description: Mestrado em Estudos Africanos
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/10396
Thesis identifier: 201025086
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Criminalidade no feminino.pdf1.13 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.