Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/10362
acessibilidade
Title: Homofobia organizacional em Portugal: o efeito da perceção de discriminação homofóbica no comprometimento organizacional e o papel mediador da satisfação no trabalho
Authors: Dinis, Joana Filipa Nogueira
Orientador: Moleiro, Carla
Keywords: Homofobia organizacional
Orientação sexual
Discriminação
Satisfação no trabalho
Comprometimento organizacional
Organizational homophobia
Sexual orientation
Discrimination
Job satisfaction
Organizational commitment
Issue Date: 2015
Citation: DINIS, Joana Filipa Nogueira - Homofobia organizacional em Portugal: o efeito da perceção de discriminação homofóbica no comprometimento organizacional e o papel mediador da satisfação no trabalho [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/10362>.
Abstract: A homofobia tem sido um tema de grande interesse na literatura atual, especialmente nos Estados Unidos da América. São vários os estudos que apontam os impactos deste fenómeno na vida das pessoas LGBT, em contexto social, económico, político ou até laboral. Porém, em Portugal, esta temática carece de evidências empíricas (Vale de Almeida, 2010), sendo necessário explorar os impactos que a homofobia acarreta para os indivíduos, nomeadamente no contexto organizacional. O presente estudo foca-se precisamente na análise da percepção de homofobia organizacional por parte dos/as trabalhadores/as LGB e que impactos esta poderia ter na satisfação no trabalho e no comprometimento organizacional. Recolheu-se, para este feito, uma amostra de 190 pessoas não-heterossexuais. Os resultados obtidos permitiram confirmar que a homofobia organizacional percebida tem um efeito significativo e negativo na satisfação no trabalho e no comprometimento organizacional, sendo que quando os/as trabalhadores/as sentem níveis relativamente baixos de discriminação no trabalho, sentem-se mais satisfeitos/as e mais comprometidos/as. Adicionalmente, verificou-se um efeito de mediação significativo, em que os/as participantes que percecionam baixos níveis de discriminação, só se sentem comprometidos/as com a organização porque se sentem mais satisfeitos/as. A partir das conclusões desta investigação é possível retirar algumas sugestões para as organizações, designadamente no que diz respeito à inclusão de trabalhadores/as LGB nas dinâmicas organizacionais e à implementação ou reforço de políticas anti-discriminatórias.
Homophobia has been a topic of great interest to scientific literature, especially in the United States. There are several studies that show the impact of this type of discrimination in the LGBT population, particularly in social, economic, political or even labor contexts. However, in Portugal, this subject lacks empirical evidence (Vale de Almeida, 2010), and it is necessary to explore the impact that homophobia brings for individuals, notably in the organizational context. The focus of this study concerns perception of organizational homophobia by LGB employees and which outcomes this could have on job satisfaction and organizational commitment. A sample of 190 non-heterosexual participants answered the questionnaire. The results analyzed through a multiple linear regression, made it possible to confirm that perceived organizational homophobia has a significant and negative effect on job satisfaction and organizational commitment. As a result, when LGB employees feel low levels of discrimination at work, they tend to feel happier and more committed. Additionally, it was found through a mediation process that participants who perceived low levels of discrimination, only feel committed to the organization when they are satisfied. From the findings of this investigation, it is possible to point out some suggestions for organizations, for example, the inclusion of LGB employees in organizational dynamics and the establishment or reinforcement of anti-discrimination policies.
Description: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/10362
Thesis identifier: 201070995
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
2015_ECSH_DPSO_Dissertação_Joana Filipa Nogueira Dinis.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.