Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/10344
acessibilidade
Title: Medo ou humor em campanhas antitabágicas? Efeitos na perceção da sua eficácia, políticas antitabágicas, desejo e suscetibilidade em fumar
Authors: Reis, Eduardo Silva
Orientador: Arriaga, Patrícia
Postolache, Octavian
Keywords: Medo
Humor
Fluxo emocional
Perceção de eficácia
Campanhas antitabágicas
Fear
Perceived effectiveness
Antismoking campaings
Issue Date: 2015
Citation: REIS, Eduardo Silva - Medo ou humor em campanhas antitabágicas? Efeitos na perceção da sua eficácia, políticas antitabágicas, desejo e suscetibilidade em fumar [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/10344>.
Abstract: Este estudo investigou os efeitos de dois tipos de campanhas antitabágicas em vídeo na perceção da sua eficácia em prevenir comportamentos tabágicos. Cento e oito participantes de ambos os géneros (58 do género feminino), diferenciados pelos comportamentos tabágicos (54 fumadores e 54 não-fumadores) foram aleatoriamente atribuídos a uma de duas condições: uma com anúncios que induziam humor (N=56), e outra em que induziam medo (N=52). Através do programa FLOWSENSE, os participantes registaram continuamente que emoções estavam a sentir e qual a sua intensidade enquanto visualizavam as campanhas. Foram também obtidos dados fisiológicos relativos ao ritmo cardíaco, nível de condutância dérmica e nível de oxigénio no sangue. Posteriormente mediu--se o desejo de fumar, o grau de concordância com políticas antitabágicas e a perceção de eficácia das campanhas. Os resultados mostraram que os participantes expostos à condição de medo sentiram mais frequentemente, com mais intensidade e por mais tempo Medo e Tristeza, tendo menos vontade de fumar e avaliando as campanhas como mais eficazes, enquanto que aqueles expostos à condição de Humor sentiram mais intensamente Alegria. Em qualquer condição, fumadores apoiaram menos significativamente políticas antitabágicas. Não foram observadas diferenças entre condições para os níveis fisiológicos registados. Este estudo comprovou estudos existentes e oferece uma análise mais profunda sobre como as emoções são evocadas em mensagens persuasivas, explorando o seu fluxo ao longo da exposição, mas é necessária mais investigação de modo a aumentar a sua eficácia.
The present study compared the effects of two types of anti-smoking campaigns on the perception of their effectiveness in preventing smoking behaviors. One hundred and eight participants of both genders (58 females), differentiated by smoking behavior (54 smokers and 54 non-smokers) were randomly assigned to one of two conditions: one with ads that induced humor (N = 56), and another that induced fear (N = 52). Through a newly developed program called FLOWSENSE, participants continuously selected which emotions they were feeling and what their intensity was, as they were exposed to the campaigns. Physiological data on heart rate, skin conductance and blood oxygen level were collected simultaneously. After exposure, the urges to smoke, the support for anti-tobacco policies and perceived effectiveness of the campaigns were measured. The results showed that participants exposed to the fear condition felt more frequently, more intensively and for longer periods of time Fear and Sadness, reporting less desire to smoke and evaluating campaigns as the most effective, while those exposed to the Humor condition felt more intensively Happiness. In any condition, smokers showed significantly less support for anti-tobacco policies. No differences were found for the physiological data between conditions. This study verified some past findings and offeres a deeper analysis of how emotions are evoked in persuasive messages, exploring its flow during exposure, but more research is needed in order to increase its effectiveness.
Description: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações. / Códigos PsycINFO: 2560; 2990; 2750.
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/10344
Thesis identifier: 201068834
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Reis Eduardo Dissertacao 2015.pdf2.27 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.