Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/10239
acessibilidade
Title: A relação entre responsabilidade social e implicação organizacional: o efeito moderador da relação líder-subordinado
Authors: Ribeiro, Mariana da Silva
Orientador: Neves, José
Keywords: Implicação organizacional
Qualidade da relação líder-subordinado
Responsabilidade social das organizações
Organizational commitment
Quality of leader-member exchange
Corporate social responsibility
Issue Date: 2015
Citation: RIBEIRO, Mariana da Silva - A relação entre responsabilidade social e implicação organizacional: o efeito moderador da relação líder-subordinado [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2015. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/10239>.
Abstract: O constructo responsabilidade social das organizações (RSO) tem ganho crescente importância na literatura, contudo grande parte das investigações tem-se centrado nos níveis de análise institucional e organizacional. Complementarmente, o presente estudo visa analisar a influência da RSO nas atitudes dos colaboradores. Constituindo uma peça essencial para o desenvolvimento e implementação de práticas de RSO, julga-se fundamental compreender de que forma os colaboradores percecionam o envolvimento da sua organização em práticas de RSO e como essas perceções estão associadas a atitudes no trabalho, concretamente, à implicação organizacional. A identificação de contextos que permitam compreender a relação entre RSO e implicação organizacional é igualmente relevante. Nesse sentido, foi analisado o potencial papel moderador da qualidade da relação líder-subordinado nessa relação, ainda por explorar na literatura. Foi recolhida uma amostra de 184 participantes de organizações de diversos sectores, através de um questionário online composto por três instrumentos que visavam compreender o envolvimento da organização em práticas de RSO (colaboradores, comunidade e ambiente, económica), a qualidade da relação líder-subordinado e o nível de implicação organizacional (afetiva, normativa, de continuidade). Os principais resultados revelaram que a implicação afetiva é explicada pelas perceções de RSO para com a comunidade e o ambiente e para com os trabalhadores, sendo a última relação moderada pela qualidade da relação líder-subordinado, enquanto a implicação normativa é explicada apenas pela RSO para com os trabalhadores. Verifica-se ainda que a relação entre RSO económica e implicação afetiva é moderada pela qualidade da relação líder-subordinado. Não existem efeitos significativos da RSO na implicação de continuidade. O presente estudo constitui um importante contributo para o desenvolvimento da literatura sobre RSO e evidencia a importância de um alinhamento entre a estratégia organizacional, exercício da liderança e práticas de RSO no seio de uma organização.
The corporate social responsibility (CSR) construct has gained an increasing importance in the literature, however much of the investigations have focused on the institutional and organizational levels of analysis. Besides, the present study aims to analyze the influence of CSR on employees’ attitudes. Constituting an essential piece for the development and implementation of CSR practices, it is essential to understand how employees perceive the involvement of their organization in CSR practices and how these perceptions are associated with job attitudes, such as organizational commitment. The identification of contexts that allow understanding the relationship between CSR and organizational commitment is also relevant. Therefore, the potential moderator role of leader-member exchange quality in this relationship was analyzed, a role still unexplored in literature. A sample of 184 participants from organizations of various sectors was collected, through an online survey comprising three instruments aimed at measuring the perceptions about the organizations’ involvement in CSR practices (employees, environment and community, economic), leader-member exchange quality and organizational commitment level (affective, normative, continuance). The main results revealed that affective commitment is explained by CSR practices towards community and environment and towards employees, and that this last effect is moderated by leader-member exchange quality. Normative commitment is only explained by CSR practices towards employees. Furthermore, the relationship between economic CSR practices and affective commitment is moderated by leader-member exchange quality. There are no significant effects of CSR practices on continuance commitment. The present study is an important contribute to the development of CSR literature and highlights the importance of alignment between organizational strategy, exercising leadership and CSR practices within an organization.
Description: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Peer reviewed: Sim
URI: http://hdl.handle.net/10071/10239
Thesis identifier: 201071681
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertação de Mestrado.pdf720.85 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.